Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Lucinha Araújo se emociona com imagens do filho em holograma na praia

Um tributo a Cazuza na praia frequentada por ele no Rio de Janeiro

CARAS Publicado em 24/01/2014, às 20h20 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Holograma de Cazuza - -
Holograma de Cazuza - -

A praia de Ipanema, no Rio,um dos pontos cariocas bastante frequentado por Cazuza (1958–1990), foi cenário, no domingo, 19, de um espetáculo em homenagem a ele,  que teria completado 55 anos em 2013.Durante as apresentações de artistas como Gal Costa (68), Paulo Ricardo (51), George Israel (53) e Leoni (51), entre outros amigos e parceiros, um show de imagens do cantor em holograma mataram as saudades dos seus admiradores, que lotaram a areia em frente ao palco, e emocionam sua mãe, a empresária Lucinha Araújo (77). “Todos os momentos que passamos juntos desde seu nascimento até a morte foram muito especiais para mim, cada um no seu jeito. Cazuza representou um brasileiro consciente e que tinha nas mãos um modo de fazer suas denúncias, que eram suas canções, o que ele fez muito bem”, declarou Lucinha, que, em novembro do ano passado, sofreu outra grande perda, a do marido, o executivo e produtor
musical João Araújo, com quem viveu por 56 anos. Durante o evento carioca, o público relembrou clássicos assinados por Cazuza que embalaram a década de 1980, como Exagerado, O Tempo Não Para, Amor, Amor, Faz Parte do Meu Show e Brasil.