musica Censura

Leigh-Anne Pinnock, do Little Mix, explica que era proibida de usar a palavra feminista

Cantora revela que não podia falar sobre feminismo por ser um assunto polêmico

CARAS Digital Publicado segunda 18 março, 2019

Cantora revela que não podia falar sobre feminismo por ser um assunto polêmico
Little Mix está para lançar um álbum novo - Reprodução/ Instagram

Leigh-Anne Pinnock, uma das integrantes do grupo Little Mix, deu uma entrevista emocionante à revista Glamour.

A cantora contou que quando sua carreira começou, por volta de 2011, as meninas foram aconselhadas a não abordarem o assunto feminismo por se tratar de algo controverso.

Na época, a ordem foi acatada sem resistência. ''Éramos muito jovens. Não éramos tão espertas quanto hoje'', disse. Mas a situação mudou: ''Agora temos orgulho de dizer que somos feministas''.

Este, foi o primeiro depoimento independente da artista, motivado pela promoção de uma marca de roupas, da qual ela será garota-propaganda.

Leigh-Anne se abriu sobre sua jornada de aceitação em relação ao racismo e ao machismo. ''Os produtores [do X-Factor] diziam que não iríamos conseguir nada por ser uma banda de garotas, e bandas de garotas não se saíam bem'', falou.

Entretanto, a banda provou que eles estavam errados porque, mesmo com os obstáculos, as garota venceram a competição britânica.

Último acesso: 05 Dec 2020 - 05:21:40 (315592).

Leia também

TV CARAS