Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Katy Perry faz crítica social no clipe 'Chained To The Rhythm'

Em um parque de diversões, Katy Perry faz crítica à sociedade americana em novo vídeo, com a participação do neto de Bob Marley

CARAS Digital Publicado em 21/02/2017, às 10h18 - Atualizado às 10h18

Katy Perry lança clipe para 'Chained To The Rhythm' - Reprodução
Katy Perry lança clipe para 'Chained To The Rhythm' - Reprodução

Katy Perry divulgou o clipe de Chained To The Rhythm nesta terça-feira, 21, continuando a divulgação do single, que é o carro-chefe do seu próximo disco. Seguindo a ideia de uma era 'pop com propósito', a cantora apostou em um vídeo cheio de críticas à sociedade americana e algumas alfinetadas ao atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Em um parque de diversões, ela é cercada por pessoas com looks que remetem à década de 50 e às propagandas do 'sonho americano'. Logo no início, uma das atrações do parque ironiza o slogan da campanha de Trump, que era 'Faça a América grande novamente', convidando a todos para se divertir na 'Queda do grande sonho americano'

O vídeo ainda traz uma montanha-russa que obriga mulheres a sentarem de um lado, homens do outro, dizendo para os dois 'se amarem'. No final, o homem conquista muito mais likes com sua participação na brincadeira. Os dançarinos também andam como se fossem robôs, repetem a mesma coreografia, e todos seguem a mesma rotina como se estivessem se divertindo. Em outro momento, um brinquedo arremessa pessoas para fora de um grande muro - uma referência à promessa de Trump de construir um muro entre os Estados Unidos e o México para impedir a entrada de imigrantes. 

Katy só consegue escapar da 'corrente' quando ouve Skip Marley, o neto de Bob Marley, cantando e a convidando para protestar. Tudo isso, claro, sem perder o tom irônico e o visual colorido já conhecido dos antigos clipes da cantora. 

Confira o resultado: