Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Em Brasília, Joelma diz que as polêmicas com Calypso a deixaram mais forte

Kellen Rodrigues Publicado em 07/08/2013, às 18h11 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Banda Calypso faz coletiva de imprensa em Brasília - Francisco Cepeda/AgNews
Banda Calypso faz coletiva de imprensa em Brasília - Francisco Cepeda/AgNews

Prestes a gravar o sétimo DVD da banda Calypso, Joelma e Chimbinha reuniram a imprensa na tarde desta quarta-feira, 7, em Brasília para falar sobre o novo álbum. Mas eles não fugiram das polêmicas que envolveram a banda durante o ano - os rumores de que Calypso vai acabar e as declarações de Joelma sobre homossexuais (ela foi acusada de comparar gays a drogados).

"Apanhei tanto que meu corpo melhorou mais", brincou a cantora. "Nem sabia que eu aguentava tanta coisa. Aprendi muito com tudo isso. Não vou dizer que achei legal, mas me fortaleci muito", disse. "Bateram tanto e nós não caímos, agora não acaba mais", completou Chimbinha.

A cantora não se esquivou também de falar sobre sua relação com os fãs homossexuais e as acusações de preconceito. "Eles podem falar de mim porque eles me conhecem, a maioria dos nossos fã-clubes são de gays e lésbicas, eles sabem da maneira que eu os trato, da maneira que eu converso com eles. Fiquei super tranquila, eles me conhecem tanto que eles brigaram até o fim", falou. "Não sou mulher de fugir da raia, até confesso que gosto muito de uma briga, me sinto mais viva", continuou. "Se a Joelma tivesse falado isso mesmo (comparando gays com drogados) o primeiro que ia brigar com ela seria eu", afirmou o guitarrista. "Eu sou evangélica e todo evangélico sabe que não pode julgar ninguém, só quem pode julgar é  Deus".

DVD

Joelma e Chimbinha vão gravar o novo DVD no São João do Cerrado - considerada a maior festa de São João fora de época do país - em Ceilândia, Distrito Federal. O show terá participações especiais de Amado Batista e Reginaldo Rossi"O Amado não é muito de mídia, mas o artista mais bem sucedido nesse país é o Amado Batista. Pra gente vai ser uma honra registrar esse momento com essas duas pessoa guerreiras", disse Joelma. O repertório, segundo eles, trará uma mistura dos hits românticos com os dançantes - a marca da banda. O reprtório foi escolhido com a ajua defãs, principalmente pela internet.

O convite para a gravação surgiu em março, segundo Chimbinha, bem antes dos rumores do fim da banda. "A gravação desse DVD significa pra gente uma divisão de águas. Ceilândia é uma cidade que foi há longo tempo tratada como uma cidae violenta. O São João trouxe uma dignidade, autoestima à cidade. O DVD da banda Calypso vem coroar o que a gente vem prometendo desde 2007, que é transformar Ceilândia numa cidade turística", comemorou a organizadora do evento, Edilaine Oliveira.

Depois da coletiva com a imprensa, Joelma e Chimbinha se reuniram com fãs - que fizeram barulho no Teatro Nacional. "Os fãs opinam mesmo no nosso trabalho, dão dicas de quais músicas devem estar no DVD. Eles lembram de músicas às vezes da banda que nem eu lembro mais", falou a vocalista. "Esses fãs são nossos anjos, nós não temos gravadora, eles são nossos divulgadores", completou Chimbinha.

Gravidez

Questionada sobre os planos de aumentar a família, a cantora contou que a intenção é engravidar daqui a cinco anos. "Daí vou fazer uma parada básica de seis meses".