Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Ivete Sangalo e Criolo cantam legado de Tim Maia

Encontro inédito para homenagear som e legado de Tim Maia

CARAS Digital Publicado em 12/04/2015, às 08h34 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Ivete Sangalo em show com Criolo - César Alves
Ivete Sangalo em show com Criolo - César Alves

As vozes da cantora baiana Ivete Sangalo (41) e do rapper paulistano Criolo (39) vão se misturar nos palcos de várias capitais brasileiras para reavivar a obra e o legado de Tim Maia (1942– 1998). A avant-première desse encontro inédito dos dois artistas, estrelas da edição 2015 da plataforma NIVEA Viva, aconteceu no Rio, só para convidados, e reuniu uma plateia estrelada. “Sempre ouvi o Tim. Seu soul e balanço ajudaram a compor meu alicerce musical”, destacou Ivete, que, durante sua carreira, gravou sucessos dele, como Você e Eu, Eu e Você (Juntinhos). “Não dá para imaginar a música no mundo sem Tim Maia”, observou Criolo. No show carioca, os cantores relembraram os hits Primavera, Azul da Cor do Mar, Sossego e Me dê Motivo, sob os aplausos dos atores Joaquim Lopes (34), o casal Daniel de Oliveira (37) e SophieCharlotte (25) e CrisVianna (37), entre outros. “Tim foi embora cedo demais e deixou muita saudade”, ressaltou Cris ao lado de Josie Pessoa (26), sua colega de elenco em Império, que terminou em março. “A junção de Ivete com Tim Maia é explosiva. Não tinha como não ferver”, afirmou Josie. Presidente da empresa, Christian Goetz (48) atestou que o legado de Tim atravessa fronteiras e línguas. “Hoje, damos o pontapé inicial de uma turnê fantástica. Sou alemão e conheci o trabalho do Tim antes de chegar ao Brasil. Sua música era internacional”, frisou o executivo, acompanhado de Tatiana Ponce (41), diretora de Marketing da marca, e de Theodoro Oliva (37), diretor de Vendas. O show foi conferido ainda pela a atriz e apresentadora Cissa Guimarães (56) e pela jornalista Gloria Maria. “Entrevistei o Tim muitas vezes, e a nossa relação ultrapassava a profissional. Nós éramos amigos. Ele tinha uma personalidade única, marcada pela sinceridade e pela cara-de-pau, era um gênio”, ressaltou a repórter.