Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / não é o momento...

Grammy Awards é adiado devido ao avanço da pandemia de coronavírus nos Estados Unidos

Recording Academy e CBS anunciam adiamento da 64ª edição do Grammy Awards pelo avanço da pandemia e propagação da variante Omicron

CARAS Digital Publicado em 05/01/2022, às 18h14 - Atualizado em 06/01/2022, às 00h48

Grammy Awards é adiado por conta do avanço da pandemia - Divulgação
Grammy Awards é adiado por conta do avanço da pandemia - Divulgação

Nesta quarta-feira, 5, a Recording Academy, que realiza o Grammy Awards, utilizou os perfis oficiais da premiação para anunciar o adiamento do evento por conta do avanço da pandemia nos Estados Unidos.

De acordo com a nota oficial, os responsáveis pela maior premiação da música não acreditam ser seguro manter a data programa, no dia 31 de janeiro, tendo em vista o aumento súbito de casos de covid-19 no país.

Após cuidadosa consideração e análise com oficiais da cidade e do estado, especialistas em saúde e segurança, a comunidade artística e nossos vários parceiros, a Recording Academy e a CBS decidiram adiar a 64ª edição do Grammy Awards. A saúde e a segurança daqueles em nossa comunidade musical, a audiência presente e as centenas de pessoas que trabalham incansavelmente para produzir nosso evento se mantêm como maior prioridade”, diz o pronunciamento no site oficial do Grammy.

Devido à incerteza referente à variante Omicron, manter o evento no dia 31 de janeiro simplesmente contém muitos riscos. Estamos animados para celebrar a maior noite da música numa data futura, que será anunciada em breve”, continua o texto.

A premiação estava prevista para acontecer na cidade de Los Angeles com transmissão ao vivo para todo o mundo. Dentre os concorrentes, vale citar o nome dos artistas que brilharam em 2021, como Doja Cat, Billie Eilish, Lil Nax X, Justin Bieber e BTS.