Grammy 2021: Veja os artistas que ganharam o selo de injustiçados da 63ª edição

Aquecimento Grammy 2021: Confira os artistas que não receberam indicações para a 63ª edição da premiação

Natalia Queiroz Publicado sexta 12 março, 2021

Aquecimento Grammy 2021: Confira os artistas que não receberam indicações para a 63ª edição da premiação
Grammy 2021: Veja os artistas que foram injustiçados - Getty Images

Todo ano, após o lançamento da lista de indicados ao Grammy, o público e os críticos fazem as suas apostas e revelam quais artistas ficaram de fora.

Em 2021, o elenco de injustiçados foi grande e aqueles que pareciam certos na premiação ficaram de fora, e muita gente não entendeu o motivo.

Muitos cantores usaram as redes sociais para comentarem sobre terem sido deixados de lado pela Academia de Gravação. Pensando nisso, nós da CARAS Digital resolvemos relembrar a lista dos injustiçados do Grammy Awards 2021.

Confira:

The Weeknd - After Hours

Uma das maiores injustiças dessa edição com certeza é o álbum After Hours do The Weeknd. Os críticos e o público ficaram chocados com a não indicação do artista em nenhuma categoria, já que o single Blinding Lights bateu o recorde ao se tornar a música que passou mais semanas no topo da Billboard Hot 100 [a maior tabela de musical dos Estado Unidos, que avalia as cem músicas mais vendidas no decorrer de uma semana].

O cantor chegou a usar as suas redes sociais para criticar a decisão da Academia. "O Grammy permanece corrupto. Vocês devem transparência a mim, aos meus fãs e à indústria", escreveu ele em seu Twitter.

Muito se questiona sobre o motivo de "esnobarem" The Weeknd até mesmo nas categorias de R&B, as quais ele já venceu em edições anteriores. O racismo sempre aparece entre umas das maiores questões da premiação, por conta da baixa representação de artistas negros que são indicados e/ou vencedores. E, na maioria das vezes em que são considerados, estão nas categorias de R&B ou rap.

Em uma declaração para ao The New York Times, The Weeknd revelou que não pretende mais participar do Grammy. “Não permitirei mais que minha gravadora envie minhas músicas para o Grammy”, declarou.

Harry Styles - Fine Line

Muito também foi comentado sobre as indicações do álbum Fine Line, de Harry Styles. A produção apareceu em Melhor Performance Solo Pop, Melhor Disco de Pop Vocal e Melhor Vídeo do Ano, mas não agradou.

Críticos falaram sobre a ausência do disco em Álbum do Ano. A revista americana, Rolling Stone colocou Fine Line entre um dos 500 melhores álbuns de todos os tempos, porém, foi deixado de lado pelo Grammy.

BTS- Dynamite

Entregue para os fãs como forma de presente durante a pandemia do coronavírus, Dynamite se tornou uma das maiores músicas do grupo.

Não há dúvidas de que o single é um sucesso, por isso recebeu a indicação de Melhor Performance de Duo/Grupo Pop, mas muito se especulou sobre Canção do Ano. Isso porque Dynamite ficou um primeiro lugar na Hot 100 da Billboard, por semanas.

O público também ficou desapontado com a não indicação do álbum Map of the Soul: 7, que quebrou recordes nas paradas de músicas onde as 20 músicas do disco alcançaram o top 20 do iTunes dos Estados Unidos em menos de 24 horas.

*BLACKPINK

Ainda no k-pop, os fãs não entenderam o motivo pelo qual Blackpink não foi considerado para Artista Revelação, tendo em vista o crescimento das meninas nos Estados Unidos e no mundo.

Halsey - Manic

Não é de hoje que Halsey fica de fora das indicações do Grammy. A cantora sempre se pronuncia nas redes sociais sobre as “esnobadas” que a premiação dá em seus trabalhos, e nesta edição não foi diferente.

O disco que inclui canções como Without Me e Finally não ganhou votos pela Academia. Pelo Twitter, a artista não poupou críticas: "Estive pensando e quis escolher minhas palavras com cuidado porque muitas pessoas expressaram simpatia e desculpas para mim desde as indicações ao Grammy", declarou.

Halsey só chegou a ser indicada há três anos pela sua parceria com o grupo The Chainsmokers, com Closer.

No pronunciamento, ela continuou. "O Grammy é um processo difícil de entender. Muitas vezes pode ser sobre performances privadas nos bastidores, conhecer as pessoas certas, fazer campanha por votos, com o aperto de mão certo e ‘subornos’ que podem ser ambíguos o suficiente para passar por ‘não subornos'".

Zayn Malik - Nobody Is Listening

O mesmo aconteceu com Zayn Malik. Lançado no prazo, o álbum do cantor não teve nenhuma chance no evento.

Às vésperas da cerimônia, o artista fez um desabafo nas redes dizendo que a Academia e os seus associados são corruptos. "F*da-se o Grammy e todos os associados. A menos que você aperte a mão e envie presentes, não há considerações de nomeação. No ano que vem, enviarei uma cesta de doces para vocês", disse ele.

O músico vem desde o lançamento do seu antigo disco, Icarus Falls, fazendo críticas à instituição. "Meu tweet não era pessoal ou sobre elegibilidade, mas sobre a necessidade de inclusão e a falta de transparência do processo de indicação e o espaço que cria e permite o favoritismo, racismo e políticas de relacionamento para influenciar o processo de votação", completou.

Vale lembrar que o Grammy Awards 2021 acontece neste domingo, 14, e conta com performances arrasadoras. Confira a lista completa das apresentações aqui.

Último acesso: 04 Dec 2021 - 10:15:10 (381248).

Leia também

TV CARAS