Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Desabafo

Gaby Amarantos faz desabafo sobre o cabelo: ''Queria ter vivido a plenitude dos meus cachos''

A cantora falou sobre como sofreu na infância por ouvir comentários maldosos por causa do cabelo

CARAS Digital Publicado em 08/09/2020, às 21h22 - Atualizado às 21h33

Gaby Amarantos fala sobre relação com os fios cacheados - Reprodução/Instagram
Gaby Amarantos fala sobre relação com os fios cacheados - Reprodução/Instagram

Gaby Amarantosdecidiu fazer um desabafo em suas redes sociais nesta terça-feira, 8.

A cantora relembrou algumas fotos onde aparece com o cabelo cacheado quando era mais jovem e falou sobre sua relação com os fios e como sofreu por ouvir comentários maldosos. 

"Vocês aí falando de transição mas tudo o que eu queria é ter vivido a plenitude dos meus cachos na infância. Das poucas fotos que tenho eu sempre tava de cabelo molhado e lembro que passava uma mão cheia de creme até minhas brusinhas ficarem meladas com quela mistura que revivida por água, escorria feito lágrima por não deixar o cabelo armar afim de evitar os apelidos maldosos", começou a artista. 

Gaby também falou sobre como era cuidar dos fios. "Fecho os olhos e tento lembrar da textura, do volume que formava a arvora que eu sempre tolhia, lembro que no banho ele dobrava de tamanho e feito mágica passava da cintura, lembro do banheiro com água até no teto de tanto que eu batia minha juba e aquele era meu momento secreto de libertação", acrescentou. 

"Lembro de pular no rio e emergir ao som do povo rindo da quantidade de produto que eu deixava como um rasto, umas gororobas que minha mãe fazia pra hidratar. Minhas meninas não vai passar por isso, eu converso, faço montação e uns ensaios fotográficos caseiros pra mostrar à elas o tanto que elas e seus CABELO são lindos", finalizou. 

Confira:

TRANSIÇÃO CAPILAR: Vcs aí falando de transição mas tudo o que eu queria é ter vivido a plenitude dos meus cachos na infância. Das poucas fotos que tenho eu sempre tava de cabelo molhado e lembro que passava uma mão cheia de creme até minhas brusinhas ficarem meladas com quela mistura que revivida por água, escorria feito lágrima por ñ deixar o cabelo armar afim de evitar os apelidos maldosos. Fecho os olhos e tento lembrar da textura, do volume que formava a arvora que eu sempre tolhia, lembro que no banho ele dobrava de tamanho e feito mágica passava da cintura, lembro do banheiro com água até no teto de tanto que eu batia minha juba e aquele era meu momento secreto de libertação. Lembro de pular no rio e emergir ao som do povo rindo da quantidade de produto que eu deixava como um rasto, umas gororobas que minha mãe fazia pra hidratar. Minhas meninas ñ vai passar por isso, eu converso, faço montação e uns ensaios fotográficos caseiros pra mostrar à elas o tanto que elas e seus CABELO são lindos.

Uma publicação compartilhada por Gaby Amarantos (@gabyamarantos) em

Receba notícias da CARAS Brasil no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!