Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Exclusiva!

Fresno comemora 20 anos de carreira com novo CD e se apresenta pela 1ª vez no Lollapalooza Brasil

Em entrevista exclusiva, Lucas, vocalista da Banda Fresno, contou como está sendo a turnê de 20 anos de carreira e as expectativas de se apresentar pela primeira vez no Lollapalooza

Valentina Rosa Publicado em 19/02/2020, às 13h12 - Atualizado às 13h17

Fresno comemora 20 anos de carreira com novo projeto - Instgram
Fresno comemora 20 anos de carreira com novo projeto - Instgram

Em 2020, a Banda Fresno está comemorando os 20 anos de carreira. Para celebrar a data, Lucas, Vavo, Guerra e Mário Camelo fizeram um novo álbum, uma nova turnê e se apresentarão pela primeira vez no Lollapalooza Brasil.

Em conversa exclusiva com a CARAS Digital, o vocalista do grupo, Lucas, revelou como está sendo ver o público com esse novo projeto e as expectativas para os shows, principalmente no festival.

Após 3 anos sem novos lançamentos, o grupo decidiu laçar seu mais novo CD, intitulado Sua Alegria Foi Cancelada. O cantor contou o quanto essa jornada tem sido diferente de todas a outras: "A gente já criou tantas turnês que hoje em dia, presa pelo que vai ter de novo. Porque uma coisa que a gente se nega na nossa carreira, na banda é ficar se repetindo, ficar fazendo a sempre a mesma coisa. O que tem de legal no trampo de ser artista, que é o fato de não ter uma rotina, acaba virando uma rotina. Então a gente sempre procura novidade".

Ele também falou sobre como está sendo cada show e a recepção do público nas mais variadas cidades: "Ver a recepção deles no show... é pra isso que a gente vive. [...] [Ver] quais eles gostam mais, quais eles se identificam, como aquilo fica ao vivo. [...] E também as vezes tocar uma coisa lá velha, do baú e ver como as pessoas reagem. Eu acho que esse é o grande lance, ter um fator surpresa.".

A banda está muito animada para se apresentar pela primeira vez no Lollapalooza Brasil. O artista comentou um pouco sobre as expectativas para um dos maiores festivais do mundo: "A primeira vez, a gente está esperando muito, acho que é uma coisa que a gente queria há muito tempo tocar. E agora, com 20 anos de banda, com álbum sendo lançado, a gente tá achando que é o momento perfeito pra levar nossa música pro público do festival, que é enorme, que não é todo nosso. Então é uma oportunidade até de conseguir novos fãs. Eu acho que é a grande sacada do festival é poder se colocar disponível para um público novo. Essa é a nossa aposta."

Lucas ainda falou sobre o carinho do público com o novo projeto musical. "A pior coisa seria se toda vez que a gente lançasse um álbum as pessoas falassem: 'Ah não, bom mesmo era aquela música velha lá, que vocês lançaram em 2005'. Eu acho que às vezes, essa coisa do saudosismo excessivo, acaba transformando o artista em um escravo do passado. E o nosso público, graças a Deus, ele não é assim. [...]  Com isso a gente se sente muito motivado a sempre fazer música nova, em trazer uma coisa nova. [...] Acho que esse é o grande lance. Manter uma relevância com o público é o principal."

Celebrando os 20 anos na estrada, o músico falou sobre as dificuldades de ser um artista consolidado no Brasil, principalmente nesta época em que a cultura está sendo desvalorizada. "É um prêmio", afirmou.

Por fim, ele agradeceu e se emocionou ao falar sobre os fãs que estão sempre acompanhando a Fresno: "Eu acho que essa é uma das coisas que não tem como comprar né? Tu consegue comprar tantas coisas.[...], mas tu não consegue obrigar um público a ser teu fã. [...] Isso a gente não consegue simular,  não consegue pagar. Então é uma conquista que não tem como ser de um dia pro outro. Às vezes, um artista tem um grande hit, mas o que vai fazer aquele fã acompanhar ele para o resto da vida é a continuidade daquele trabalho, são as outras músicas, o que aquele cara diz, o que aquele cara pensa, o que ele é. Eu acho que é isso que demora para acontecer. É o maior patrimônio de um artista, que são os fãs dele", concluiu.