CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Música / Família

Filhos de Chrystian se despedem do pai durante velório

Filhos do cantor sertanejo Chrystian ficam ao lado da mãe, Key Vieira, durante o velório do pai e aparecem emocionados durante a última despedida

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 20/06/2024, às 13h08

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Key Vieira com os filhos, Lia e João - Foto: Eduardo Martins / Brazil News
Key Vieira com os filhos, Lia e João - Foto: Eduardo Martins / Brazil News

A morte do cantor Chrystian comoveu os fãs ao redor do Brasil e, principalmente, sua família. O velório aconteceu nesta quinta-feira, 20, e teve a presença do irmão dele, Ralf, da viúva, Key Vieira, e dos dois filhos, João e Lia. Os herdeiros do artista foram fotografados enquanto se despediam do pai ao lado do caixão.

Lia e João foram fotografados pelos paparazzi enquanto apoiavam a mãe durante o velório e também apareceram emocionados enquanto lamentavam a morte dele. Os dois são frutos do relacionamento de 29 anos de Chrystian e Key.

Chrystian faleceu na noite de quarta-feira, 19, aos 67 anos. Ele tinha sido internado horas antes em um hospital de São Paulo ao se sentir mal e não resistiu. Por enquanto, a família não revelou a causa da morte.

Família de Chrystian no velório - Foto: Eduardo Martins / Brazil News
Família de Chrystian no velório - Foto: Eduardo Martins / Brazil News
Família de Chrystian no velório - Foto: Eduardo Martins / Brazil News
Família de Chrystian no velório - Foto: Eduardo Martins / Brazil News
Família de Chrystian no velório - Foto: Eduardo Martins / Brazil News

Ralf emocionou no velório de Chrystian

O cantor Ralfesteve no velório do seu irmão e ex-parceiro de dupla, o cantor Chrystian, na manhã desta quinta-feira, 20. No local, ele se emocionou ao falar sobre a dor de perder o irmão, que faleceu aos 67 anos de idade após ter sido internado em um hospital.

Em conversa com a imprensa, o artista contou que os dois não se encontravam há alguns anos por causa de conflitos de agendas de suas carreiras solo. “Infelizmente, não pude abraçar o meu irmão. Não coincidiam nossas agendas. A gente não se via há quatro anos. Isso é muito triste. Já havia perdido meu pai e minha mãe. Agora, meu irmão… A música perdeu um grande artista”, disse ele, de acordo com o site Quem.

Além disso, Ralf elogiou Chrystian. "Nosso carinho e amor eram muito grandes, apesar das carreiras separadas. Ele era um cara batalhador e não se aquietava. Ele cantou a vida toda, queria continuar na ativa, fazer shows, se apresentar... Ele precisava de repouso, mas sempre foi um cara inquieto e ficava pra lá e pra cá. Acho que a falta de descanso -- algo que era da natureza dele -- prejudicou (a saúde)", afirmou.