Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / SOBRE VIVER!

Falando de fé e resiliência, Criolo lança novo álbum intiulado Sobre Viver

Criolo deu uma entrevista para a revista Rolling Stone em que compartilhou detalhes sobre seu novo álbum Sobre Viver

CARAS Digital Publicado em 06/05/2022, às 17h39

Criolo lançou seu novo projeto, Sobre Viver, nesta quinta-feira - Foto: Helder Fruteira (@afilmbyme_) / Direção de arte da foto: Alma Negrot (@almanegrot)
Criolo lançou seu novo projeto, Sobre Viver, nesta quinta-feira - Foto: Helder Fruteira (@afilmbyme_) / Direção de arte da foto: Alma Negrot (@almanegrot)

Nesta última quinta-feira, 5, Criolo (46) lançou seu novo álbum intitulado Sobre Viver. Em uma entrevista para a revista Rolling Stone, o rapper deu detalhes sobre o processo criativo do novo projeto. 

"Esse álbum fala sobre fé e resiliência... fala mais uma vez sobre esse abismo social que a gente vive, e o que vem com isso", compartilhou Criolo sobre as 10 músicas que compõe seu novo trabalho. 

 Seu último projeto do cantor foi o álbum Espiral de Ilusão, de 2017. "Eu fiquei uns três anos sem compor, antes da pandemia, eu ficava meio assim, tava até meio desacreditado de mim", contou Criolo. E foi com a ajuda da família e amigos que o compositor voltou a escrever. 

Nas 10 faixas que compõe Sobre Viver, vários artistas participam das canções de Criolo como MC Hariel (24), Liniker (26) e Milton Nascimento (79). A parceria com Milton no álbum emocionou o dono do disco.

"Não tem como não se emocionar, sabe? Porque é um texto tão duro e o Milton já cantou tanta coisa no planeta ... Quando apresentei a música para ele, ele já respondeu 'gostei, quero gravar'. Eu não sei descrever o tamanho da minha emoção e o quanto essa música ficou gigantesca na voz dele", disse o cantor que soltou a voz com Milton Nascimento. 

Criolo ainda revelou que o álbum inicialmente iria ser nomeado Diário do Kaos, que levaria o "K" na palavra "Caos" por conta do seu nome por trás do artista, Kleber. Porém, o nome foi mudado por conta do conteúdo do álbum: "No meio desse processo todo a gente foi vendo que tá sobrevivendo a isso tudo. A gente tem vontade de viver. A gente não abre mão de viver".