musica Despedida

Emocionado, Zezé desabafa sobre a morte do pai: ''O tipo de ser humano que não se fabricam mais''

No velório do pai, Zezé Di Camargo fala sobre o falecimento de Francisco

CARAS Digital Publicado terça 24 novembro, 2020

No velório do pai, Zezé Di Camargo fala sobre o falecimento de Francisco
Emocionado, Zezé desabafa sobre a morte do pai - Reprodução/Instagram

Zezé Di Camargo conversou com a imprensa durante o velório de seu pai, Francisco, na tarde desta terça-feira, 24.

Bastante emocionado, o cantor revelou que o pai travava uma batalha pela vida nos últimos anos, e que acredita que o motivo do falecimento foi falência múltipla dos órgãos.

"Chega um momento que você não sabe se esta fazendo um bem. Você insiste tanto para ele estar aqui, indo atrás de equipamentos, de remédios...", desabou ele que disse ter se perguntado se estava realmente fazendo bem para o pai lutar tanto por sua vida"Chegou um momento que eu não sabia mais se ele queria ir ou ficar", completou.

O sertanejo contou que recebeu uma ligação de um irmão nos últimos dias falando que estava na hora dele ir até Goiânia se despedir. 

"Na hora, eu desabei e continuo até agora", desabafou. Mas em seguida falou sobre o melhor para seu pai: "Ele estava sofrendo demais. Eu olhava para ele na cama e não tinha mais aonde enfiar agulha e aparelho nele...".

Zezé disse que ainda não teve coragem de se aproximar do corpo de Francisco. "Quero guardar a imagem e o espírito alegre que ele sempre foi", falou.

O artista é só elogios ao recordar os bons momentos que viveu com o pai: "O tipo de homem, de ser humano que quase não se fabricam mais [...] Meu pai sempre foi meu herói. Não teve uma noite da minha vida em que eu deitei e não lembrei do sorriso do meu pai, e assim vai continuar sendo".

Ele também falou sobre ter orgulhado e realizado seu maior sonho: ver seus filhos fazendo sucesso no Brasil inteiro. "Poder ter dado para ele uma vida que ele jamais poderia ter e corresponder a expectativa dele como filho e como tudo!", afirmou.

Com os olhos cheios de lágrimas, Zezé falou sobre ter conseguido passar um grande período com seu pai durante a quarentena na fazenda da família.

"Fazia 30 anos que eu não dava um beijo no meu pai na hora de dormir e um beijo na hora de acordar. Deus me deu esse presente!", finalizou.

Último acesso: 11 Jun 2021 - 12:25:16 (369235).

Leia também

TV CARAS