Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Show

Emocionada, Simaria comemora volta aos palcos: ''Vai ser lindo''

A cantora ficou afastada durante 4 meses por conta de uma tuberculose ganglionar

CARAS Digital Publicado em 09/08/2018, às 14h41 - Atualizado às 15h01

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Simaria comemora volta aos palcos - Reprodução/Instagram
Simaria comemora volta aos palcos - Reprodução/Instagram

Simaria, da dupla com Simone, fará sua reestreia nos palcos na noite desta quinta-feira, 9, após se recuperar de uma severa tuberculose ganglionar. Em suas redes sociais, a cantora compartilhou uma mensagem mostrando estar animada para sua primeira apresentação após a recuperação.

"É hoje, gente! Eu e minha irmã Simone estaremos de volta aos palcos, juntas. Que alegria reencontrar nossos fãs amados, amigos e pessoas que me enviaram tantas energias positivas durante meu afastamento. Nos encontramos hoje, no Espaço das Américas. Chama todo mundo, que vai ser lindo, ainda mais com a participação de Padre Fábio de Melo e Carlinhos Maia. Estamos de volta, coleguinhas", declarou a morena.

Nos comentários, os fãs comemoraram a melhora da artista e sua volta aos palcos. "Queria tanto ir! Amo demais vocês duas. Seja bem vinda de volta aos palcos, meu amor! Que Deus te ilumine sempre pois rezo por vocês", comentou uma internauta.

"Amamos! Vamos estar aqui ansiosos como se estivesse no show vivendo esse momento. É uma alegria imensa te ter de volta, hoje vai ser lindo. Acredito que pode ser a mesma sensação de ansiedade para você, igual a do primeiro show como dupla. Vocês merecem tudo de melhor e todos que vão estar presentes representam as coleguinhas de todo Brasil. Bem vinda de volta!", escreveu outra fã.

A sertaneja ficou afastada durante 4 meses, até ter a liberação do médico para voltar a exercer a profissão. Recentemente, ela confessou não estar 100% recuperada. "Eu não estou curada, não estou 100%. Falta dois meses e meio de tratamento, mas eu tenho fé em Deus que estarei curada. Mas já me sinto bem melhor do que eu estava e meu médico me liberou para fazer trabalhos, mas não em excesso", disse.