Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Música / luto

Em mensagem para Marília Mendonça, Maraisa abre seu coração: ''Tudo no meu corpo dói''

Compartilhando seus sentimentos com os fãs, Maraisa emociona ao fazer desabafo sobre a trágica morte de Marília Mendonça

CARAS Digital Publicado em 07/11/2021, às 09h42 - Atualizado às 10h16

Maraisa fala sobre a dor da perda de Marília Mendonça - Reprodução/Instagram
Maraisa fala sobre a dor da perda de Marília Mendonça - Reprodução/Instagram

Na madrugada deste domingo, 7, Maraisa (33) escreveu um recado de despedida especial para a falecida amiga, Marília Mendonça (1995-2021), compartilhando sua dor com o público.

Com um vídeo de sua apresentação emocionante ao lado da irmã, Maiara (33), e da dupla Henrique e Juliano (32 e 30) no velório, a cantora prestou mais uma homenagem para a eterna rainha da sofrência.

Tudo no meu corpo dói… Só sei conversar chorando e você muito bem sabe o quanto eu sou ruim pra essas coisas. Nunca imaginei que um dia teria que arrumar uma roupa preta pra ir te encontrar pela última vez como foi hoje. Beijei, toquei e quando iam fechar eu já pensava que eu nunca mais ia te ver! E os nossos sonhos? E os nossos planos? Tô inconformada, em alfa! Começo a falar uma coisa e esqueço! Estou forte e, de repente, saio do eixo! Vou cantar e parece que nunca fiz isso na vida. Queria ouvir nosso álbum com você, sempre lembrando do porquê escolhemos cada faixa, mas você não responde… Você não diz nada… Parece que está dormindo em um sonho de princesa!”, declarou a sertaneja.

- Cortejo de Marília Mendonça leva legião de fãs para as ruas de Goiânia

Juntando meus cacos, minhas forças, conversando com Deus e pedindo ajuda a Ele, mais do que nunca, porque eu nunca tive que conversar com alguém trancado em uma caixa de madeira. Amiga… Eu sei que você, mais do que ninguém, ia querer que eu compreendesse e eu nem sei se você me ouve. Mas dessa vez você não vai ter a Maraisa inabalável. É uma dor, uma tristeza… Vivendo e morrendo ao mesmo tempo! Eu nunca vou entender! Mas eu sempre vou te amar. E irei honrar seu nome e seus sonhos até o fim da minha vida”, completou ela.

Após o velório, mesmo abatida, Maraisa chegou a responder algumas perguntas da imprensa sobre a perda repentina de Marília Mendonça, confessando que nunca conseguirá dar um adeus definitivo à amiga.