Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Que dupla!

Em entrevista icônica, Elton John elogia Lana Del Rey: ''Misticidade é seu maior patrimônio''

Elton John e Lana Del Rey: Dupla icônica internacional do mundo da música aparace junto e revela curiosidades

CARAS Digital Publicado em 24/10/2019, às 15h20 - Atualizado às 15h45

Elton John e Lana Del Rey aparecem juntos em entrevista - Instagram
Elton John e Lana Del Rey aparecem juntos em entrevista - Instagram

Nesta quinta-feira, 24, um encontro épico do mundo da música internacional aconteceu: Elton John e Lana Del Rey.

Em entrevista para a edição norte-americana da revista Rolling Stone, cada um dos artistas revelaram algumas curiosidades.

Lembrando a performance de Lana no Saturday Night Live de 2012, onde a cantora havia sido massacrada por conta de seu nervosismo, Elton demonstrou seu apoio. “Você passou por uma coisa horrível no Saturday Night Live. Foi tão angustiante para mim assistir alguém ser tão crucificado. Eu assisti a performance e não achei tão ruim. Isso ia acabar com a maioria das pessoas, foi um ataque ultrajante”, disse.

“As pessoas acham que me conhecem, mas elas só falam sobre o meu cabelo, óculos e gastos. Elas não sabem nada sobre mim. Eu não dou mais entrevistas. O místico é importante. Sua misticidade é seu maior patrimônio. É isso que o Prince tinha. Ninguém sabe quem era o Prince”, acrescentou o artista sobre Lana. 

John também falou um pouco sobre a pausa em sua carreira. “Há dez anos eu nunca pensei que iria dizer adeus à estrada. Mas, eu tenho uma família e a amo mais que qualquer outra coisa. Eu a amo mais que amo minha música. A proposta agora é nos certificar que nossos meninos estão tendo a melhor educação, a melhor chance de fazer coisas e, mais do que isso, ter a certeza de que eles estão recebendo muito amor”, falou o pai de Zachary, de 8 anos e de Elijah, de 6

Embarcando nesse pensamento de começo de carreira, Del Rey relembro:. “Quando eu estava na faculdade, definitivamente não pensei que seria cantora. Só que, depois do meu primeiro ano, eu li Think and Grow Rich, de Napoleon Hill. Não era necessariamente sobre dinheiro, mas, quando ele falou sobre queimar todas as pontes exceto aquela única que vai te levar ao seu grande desejo, pensei: ‘Meu maior desejo é cantar’. Então eu me mudei e me graduei em filosofia, porque eles me disseram que eu nunca conseguiria um emprego cantando”, admitiu.