Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Elba Ramalho leva seu carisma e ritmo nordestino à Ilha de Caras

Sucessos que coroam os 35 anos de trajetória da cantora emocionam o público vip

CARAS Publicado em 22/01/2015, às 14h55 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Empolgado com a apresentação, Renato Aragão assobia para Elba e ganha os parabéns pelo  aniversário de 80 anos. - CESAR ALVES, EDUARDO ALMEIDA E REGINALDO TEIXEIRA
Empolgado com a apresentação, Renato Aragão assobia para Elba e ganha os parabéns pelo aniversário de 80 anos. - CESAR ALVES, EDUARDO ALMEIDA E REGINALDO TEIXEIRA

Com um show para os convidados da Ilha de CARAS, Elba Ramalho (63) relembrou seus 35 anos de carreira, completados em 2014. “Fui corajosa, determinada e a sorte me foi favorável. Me joguei, fiz teatro, música, construí minha história e adquiri do público o respeito. Hoje, vivo o auge da maturidade como cantora, o auge da voz, da energia. Quando apresentei o show Cordas, Gonzaga e Afins, no ano passado, minhas sobrinhas falaram: ‘A gente não te conhece. Que artista você é?’. A cada dia me torno uma artista melhor. Só o tempo traz isso”, destacou a estrela paraibana, referindo-se à turnê com a qual rende homenagem ao eterno Luiz Gonzaga (1912–1989).

Em Angra, aplaudida por nomes como Regina Duarte (67), Nívea Maria (67), Werner Schünemann (55) e a bela Monique Alfradique (28), Elba reverenciou o humorista Renato Aragão, que completou Show 80 anos no último dia 13. “Ele é um ícone, uma referência na profissão. Sou orgulhosa de ser nordestina e ele, também”, disse Elba sobre o artista, nascido no Ceará.

A pedido do aniversariante, ela incluiu no repertório a canção Amplidão, que fez parte da trilha sonora da novela Páginas da Vida. “Após essa música, Chico César não precisa compor mais nada. Ela é emocionante”, elogiou Renato.

Durante o show, Elba brincou ainda com o eterno Didi ao interpretar o clássico Xote das Meninas, de Gonzaga, incluindo o nome de Lívian Aragão (15), filha de Renato, na letra. “Livinha cresceu e só pensa em namorar”, repetiu Elba várias vezes no refrão, arrancando gargalhadas de Dedé Santana (78), Roberto Guilherme (76) e do elenco da peça com a qual eles estão em cartaz, no Rio, Os Saltimbancos Trapalhões – O Musical, estrelada por Renato.

Já Livinha chorou e fez o pai chorar ao subir no palco. “É muito bom fazer parte da sua vida, você é meu ídolo”, disse ela, acompanhada do namorado, o ator Nicolas Prattes (17).

No show, Elba, que este ano lança o CD Do Meu Olhar Para Fora, com produção do filho, Luã Mattar (27), e de Yuri Queiroga, relembrou hits como Esperando na Janela e Gostoso Demais. Ao cantar De Volta Pro Aconchego, tema da Viúva Porcina em Roque Santeiro, ela dedicou a Regina Duarte, intérprete da icônica personagem.

“Que voz extraordinária! Essa música é de um papel emblemático, o favorito, a preferência nacional. Eu e Elba temos ligação. Desde que suas músicas integraram as trilhas das novelas das quais participei, é como se fôssemos irmãs”, frisou Regina, comovida.