Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Lançamento!

Dilsinho e Sorriso Maroto se unem no projeto musical, JUNTOS: ''A gente acredita que seja um terceiro artista!''

Em entrevista exclusiva, Dilsinho e Bruno Cardoso, vocalista do Sorriso Maroto, falaram da alegria da união dos dois artistas no projeto JUNTOS

Valentina Rosa Publicado em 20/01/2022, às 13h44

Dilsinho e Sorrso Maroto se unem no projeto musical, JUNTOS - Jorge Bispo
Dilsinho e Sorrso Maroto se unem no projeto musical, JUNTOS - Jorge Bispo

Nesta quinta-feira, 20, Dilsinho (29) e o grupo Sorriso Marotoestão lançando o mais novo projeto audiovisual intitulado JUNTOS, com 13 músicas inéditas assinada pelos dois artistas. Para celebrar essa novidade, Dilsinho e Bruno Cardoso (40), vocalista da banda, bateram um papo com a CARAS Digital e contaram como foi o processo de execução do projeto e quais as novidades que o público pode esperar dessa parceira. 

Tudo começa pelo fato de Bruno já ser o produtor musical de Dilsinho há anos, o que fez a amizade entre eles e o Sorriso florescer: "O Bruno é meu produtor musical desde do meu primeiro álbum e a gente criou uma amizade, uma proximidade que se estendeu aos meninos do Sorriso Maroto. Eu nunca deixei de externar para eles essa vontade de fazer alguma coisa com eles. Ai começou a pandemia, eu liguei para eles e falei: 'Acho que esse é o momento da gente preparar alguma coisa para o público. A gente vai ter tempo de pensar com calma tudo que a gente vai querer fazer... O que vocês acham da gente fazer um show, alguma coisa?'", contou Dilsinho. 

Após a conversa, eles decidiram produzir uma live onde os artistas se juntaram, cantando músicas um do outro: "A gente começou por uma live que aconteceu aqui no Rio de Janeiro, onde os ingressos esgotaram muito rápido e a gente começou a entender que o público também tinha essa vontade e gostava de ver Sorriso Maroto e DIlsinho no mesmo palco. A gente já tinha algumas músicas de sucesso que já tinham tocado na rádio e o público canta demais essas músicas no show. E a gente falou: 'Não vamos deixar para depois, chegou o momento da gente mostrar a história que a gente tem'", disse Dilsinho. "Essa live foi muito importante pra gente entender que era possivel realizar dois artistas no mesmo palco, cantando as mesmas músicas.", completou Bruno. 

Entretanto, esse não é o primeiro contato profissional dos dois artistas. Anteriormente, eles já haviam lançado as canções Pouco a Pouco e 50 Vezes, que já são sucessos entre os fãs. Mas dessa vez eles quiseram fazer mais, trazendo um pouco das raízes de cada um: "Esse projeto traz o melhor do Sorriso Maroto, o melhor do Dilsinho e a junção desses artistas a gente acredita que seja um terceiro artista! O que esses dois artistas, em um casamento musical, proporcionam juntos? Qual é a química dessa junção? A gente acredita que o lado romântico, tanto do Sorriso, quanto do Dilsinho, vai falar mais alto, por uma questão de repertório, do que realmente nos emociona, do que a gente gosta de cantar... Tudo a gente trouxe para dentro dessa conta JUNTOS. O artista JUNTOS acaba surgindo dessa consequência de influências, de gostos, de coisas que a gente gostaria de mostrar para o público e ainda não teve oportunidade.", conta Bruno. 

As canções do disco também são inéditas, sendo 12 já de conhecimento geral e uma bônus, que está sendo preparada como uma surpresa para os fãs: "A gente está trazendo nesse audiovisual que contém 13 músicas no total, um pouco de tudo isso que eu estou falando: Muito do nosso romantismo, muito das nossas influencias, das coisas que a gente gosta e muito de um resultado disso tudo, de dois artistas cantando juntos. A gente acredita que esse projeto está sendo uma oportunidade da gente explorar todas as nossas influencias de gosto ao máximo!" , comentou Bruno. 

"Esse projeto são treze músicas realmente compartilhadas. Já é o primeiro ponto interessantíssimo do projeto. Não são treze músicas com cinco o Dilsinho cantando, cinco o Sorriso e o resto compartilhado... Todas as músicas são divididas, todas as músicas existem Dilsinho e Sorriso Maroto na música. A gente tem os dois artistas atuando 100% em todas as músicas e isso é algo bastante inusitado e uma vitória para a gente realizar tudo isso.", continuou ele. 

O vocalista do Sorriso Maroto ainda contou um pouco de como surgiu o repertório desse novo trabalho: "Quando a gente saiu da live, a gente foi lendo os comentários e falou: 'Legal isso!'. Porque as pessoas estão vendo Sorriso se projetando no repertorio do Dilsinho de uma forma muito natural e o contrário também... Isso mostra que existe algo ali que une as duas linhas musicais, os dois artistas. E isso foi dando pra gente argumentos para gente começar a compor, a buscar músicas e etc., dentro das características que o público mesmo foi sinalizando para nós. Esse repertorio parte de um ponto romântico muito do princípio da linha musical dos dois artistas e muito do comentário do público do que eles esperam dessa parceria, analisando por essa live."

Eles já escolheram a canção carro chefe da vez que será Mensagem Apagada, que conta a história tão atual de uma pessoa que se arrepende de mandar mensagem para outra e apaga o que tinha enviado. Para Dilsinho, lançar essa canção de cara foi necessário para atender as expectativas do público com o novo projeto: "O público tem uma expectativa muito grande desses dois artistas. Eu acho que o público espera isso da gente. Acho que a galera quer ligar nas plataformas digitais, ligar o rádio do carro e poder ouvir a história dele ali. E o Mensagem Apagada fala de uma história de relacionamento."

"Eu acho que as músicas tanto minhas quanto do Sorriso Maroto, elas falam de relacionamentos. Elas servem para você terminar uma relação, ou pra você reatar uma relação, ou fala de um momento feliz que você está vivendo, ou de repente não é um momento tão feliz assim, mas aquela música vai te confortar e te fazer achar um caminho. E essa música a gente escolheu justamente pela expectativa que o público tem de ver a gente cantando mais uma história de amor.A gente está bem feliz com o resultado e quer dividir logo com o público pra saber o que eles vão achar também.", completou ele. 

A dupla também decidiu que, para complementar as canções, eles tinham que fazer videoclipes. Para isso, eles fecharam uma rua no centro do Rio de Janeiro e gravaram de forma intimista cada uma delas: "É um projeto 100% filmado, em todas as músicas, com fotografias inéditas dentro da nossa discografi. A gente foi para o centro do Rio de Janeiro, fechamos uma das vias ali na área portuária e fizemos ali uma espécie de QG, um ponto de encontro dos dois artistas, onde a gente reúne a nossa galera, os nossos amigos, o nosso público e faz um som. A gente chega ali e cria uma certa festa, vamos dizer assim. Então a gente parte desse ambiente musical dentro desse cenário que traz uma sensação urbana que é muito comum dentro do pagode, do funk, do pop, do rap...  A gente trabalha o tempo todo nessa atmosfera. A gente chega ali com os carros, motos, a galera vai se ajeitando naquele ambiente, a gente vai tirando o som e a coisa vai acontecendo. É um ambiente diferente do que a gente está acostumado com o show, poque a gente não está dentro de uma caixa, no palco, a gente não está em um cenário comum de show, a gente está na rua, na calçada... Isso traz um frescor muito grande pra quem assiste."

É claro que as expectativas de ambos está altíssima com a recepção do público: "Se eu pudesse escolher uma banda para estar comigo no palco, sem sombra de dúvidas seria o Sorriso Maroto. Se eu tivesse que escolher uma banda para fazer parte, seria o Sorriso Maroto. Então estou muito feliz por poder estar junto com eles em um projeto muito especial. Um projeto que a gente está junto de corpo e alma e eu acho que o público vai se divertir muito, vai se emocionar com a gente juntos.", disse Dilsilnho. 

"A gente está bem feliz com esse projeto, foi uma ideia que tivemos juntos, foi um projeto compartilhado! Tudo que acontecem, tanto Dilsinho quanto Sorriso tem 100% de atuação, de participação, de criação... Tudo passou por nós! Esse projeto de fato representa 100% as nossas ideias artísticas, musicais, a gente está muito feliz com o resultado e louco para compartilhar", completou Bruno. 

Por fim, eles falaram do desejo de colocar o pé na estrada com o projeto, mas confessaram que isso ainda não saiu do papel: "É obvio que a gente está aqui nas internas pensando de que forma a gente poder levar isso para a rua de fato, para um show, uma turnê, criar essa experiencia com o público. A gente está nessa fase. Não temos data, nem locais, mas existe realmente um desejo e uma vontade muito grande, não só nossa, mas também de todos os produtores que fazem as nossas carreiras, para que a gente possa colocar além de um disco no mercado, também uma turnê para as pessoas cantarem com a gente.", disse Bruno até ser interrompido por Dilsinho de forma bem-humorada: "Até porque Bruno, se eu fosse o público, eu ia querer ir nesse show!"

"Que dê certo! A gente tem muita vontade de realmente não só gravar esse audiovisual, mas também levar ele para a estrada. Ter a sensação e dividir isso com o público deve ser muito gostoso! Mas ainda não tem data, não tem nada, mas tomara que dê certo!", finalizou Dilsinho.