Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Diana Ross pede muita luz e móveis claros em camarim no Brasil

Diana Ross não quer couro e nem estampas florais em seus camarins nos shows no Brasil e pede grandes espelhos e muita iluminação. A cantora se apresentará em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba

Redação Publicado em 19/06/2013, às 15h02 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

A diva da soul music Diana Ross - Divulgação
A diva da soul music Diana Ross - Divulgação

Diana Ross não fez exigências extravagantes para seus shows no Brasil. A diva da soul music pediu muita luz e cores claras em seus camarins.

Ela se apresenta nos dias 25 e 26 de junho em São Paulo, no dia 29 no rio de Janeiro e no dia 2 de julho em Curitiba.

+ Diva da soul music, Diana Ross fará quatro shows no Brasil

Segundo a organização dos eventos, Diana pediu paredes brancas, grandes espelhos e bastante iluminação nos moldes da Broadway. Couro e estampas florais estão vetados, assim como cores escuras.

Nos camarins de sua equipe devem ter sofás confortáveis, além de muita comida e bebida. Um chef deverá estar à disposição para atender a cantora em sua passagem pelo país.

Conhecida pela afinação impecável e pela energia no palco, Diana Ross despontou no cenário musical em 1959 com o conjunto The Supremes, um dos grupos mais marcantes da histórica gravadora norte-americana Motown. A cantora deixou o grupo em 1970 para seguir carreira solo.

Em 54 anos de carreira, Diana Ross vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo e gravou clássicos como “All For One”, “Why Do Fools Fall in Love”, “Upside Down”, “Mahogany” e “Missing You”. O último disco com músicas inéditas, “Gift Of Love”, foi lançando em 2000.

Em 2012, a cantora foi agraciada com o Life Achievement Award, a maior premiação do Grammy, que reconhece a importância dos artistas mais relevantes da música mundial.