musica Veio aí!

De surpresa, Taylor Swift libera 'Mr. Perfectly Fine', faixa inédita do álbum 'Fearless'

Taylor Swift retorna ao country com música inédita do álbum 'Fearless (Taylor's Version)'

André Luiz Freitas Publicado quarta 7 abril, 2021

Taylor Swift retorna ao country com música inédita do álbum 'Fearless (Taylor's Version)'
Taylor Swif recria capa memorável de 'Fearless', seu segundo álbum estúdio - Foto/Divulgação

Já está liberado começar a contagem regressiva para (re)lançamento de Fearless (Taylor's Version), segundo álbum estúdio de Taylor Swift.

O álbum, que foi lançado em novembro de 2008, irá receber uma nova versão nesta sexta-feira, 9, e dessa vez, a tracklist vai contar com canções inéditas que foram descartadas na época em que o disco saiu - intituladas como From The Vault [tiradas do baú].

Para surpresa de todos, a vencedora do Grammy 2021 lançou na manhã desta quarta-feira, 7, mais uma das canções inéditas que estarão no álbum. Depois da inédita You All Over Me, parceria com Maren Morris, foi a vez de Mr. Perfectly Fine chegar aos ouvidos do público.

Aos que acompanham a carreira da estrela norte-americana desde o início receberam uma dose forte de nostalgia. Além da letra romântica, a sonoridade da canção é uma característica completa ao começo da carreira de Taylor, onde ela prioriza o country.

Somando 27 faixas, o álbum conta as mesmas músicas presentes no disco lançado originalmente em 2008, – inclusive as faixas bônus We Were Happy, That’s When, parceria com Keith Urban, Don’t You e Bye Bye Baby

Entenda o motivo da regravação do disco

Taylor Swift irá regravar os seus seis primeiros álbuns após perder os direitos do seu catálogo musical. Os discos da cantora norte-americana pertenciam à gravadora Big Machine, fundada por Scott Borchetta.

O empresário Scooter Braun, dono da Ithaca Holdings, comprou a gravadora em 2019 e vendeu os direitos das músicas para um grupo privado por US$300 mil em novembro de 2020. A cantora ficou revoltada por não ter tido a chance de tentar comprar o seu próprio trabalho.

Em meio à polêmica, a compositora relatou que sua equipe vinha tentando recuperar a propriedade de suas gravações originais, mas "a equipe do Scooter queria que eu assinasse um documento de segurança afirmando que eu nunca mais diria uma palavra sobre Scooter Braun a menos que fosse positivo".

Último acesso: 18 Apr 2021 - 16:27:26 (384592).

Leia também

TV CARAS