musica EXCLUSIVA!

Christian Chavez, ex-RBD, fala sobre shows no Brasil e amor que nutre pelo país

Christian Chavez, do fenômeno RBD, fala sobre seus shows no Brasil e carinho pelo país

CARAS Digital Publicado sexta 13 setembro, 2019

Christian Chavez, do fenômeno RBD, fala sobre seus shows no Brasil e carinho pelo país
Christian Chavez - Reprodução/Instagram

Em entrevista exclusiva a CARAS Digital, Christian Chavéz falou sobre seus show no Brasil, seus novos trabalhos como ator, sexualidade, e muito mais!

O cantor está no Brasil para realizar dois shows, um em São Paulo no sábado, 14, e um no domingo, 15. O show de sábado contará com a participação de Li Martins, ex-Rouge e do cantor Mateus Carrilho.

Christian falou um pouco do repertório sobre o show e também sobre a dificuldade para escolher as músicas: "É uma mistura, tem muitas músicas do RBD, muitas do meu primeiro trabalho sozinho e do meu último EP, que para mim é muito importante. São 15 músicas e ainda assim tem muitas músicas que ficaram de fora.  Falamos com os fãs, para saber quais eles mais queriam ouvir e tentamos fazer o máximo para agradar a todos, mas é difícil".

Além da música em parceria com Li, Tóxico, o mexicano também fez mais parcerias com outros cantores brasilieros: Conectar com Lexa e Quédate com Gustavo Mioto. Ele ainda revelou que adoraria gravar com o Gusttavo Lima e falou sobre seu amor pelo Brasil.

"Eu digo que eu sou brasileiro também. Eu amo vir para cá. Parece que o brasileiro tem um coração maior do que nos demais países. É uma coisa muito linda, sempre que venho para o Brasil e volto para o México, fico triste por um lado. É um povo cheio de energia, de amor, de luz. É algo muito especial para mim sempre que venho para o Brasil", declarou o cantor.

Em relação ao RBD, grande fenômeno mundial, há um documentário sendo produzido sobre a novela e a banda, porém, Christian disse não ter muitos detalhes sobre o lançamento do projeto: "Só o Pedro Damián (produtor do RBD) que pode responder", disse.

Ao ser questionado se gostaria de fazer alguma novela no Brasil, o artista imediatamente disse que sim e revelou alguns novos trabalhos: "Eu gostaria sim de fazer uma novela no Brasil. Agora tem muita abertura. No México estão fazendo muitas coisas nas plataformas digitais. Eu terminei a temporade de La Casa de Las Flores, para a Netflix, e uma nova série da Amazon prime. Eu gostaria muito de trabalhar no Brasil!", afirmou. 

Christian ainda aproveitou para falar um pouco sobre o seu personagem Patrício, em La Casa de Las Flores, que estreia em 2020, e disse que foi o mais marcante da sua carreira: "O Patrício é uma pessoa muito livre, que luta muito pelos direitos das pessoas, que arrisca sua vida para salvar a vida dos demais. É um personagem que para mim foi muito complicado. Quando terminei de filmar achei que ficou algo de outro mundo, foi uma conexão muito linda. É um personagem que eu adoro."

Pensando no personagem Patrício, que arrisca muito, Christian disse que o momento em que mais arriscou na sua vida foi quando falou abertamente sobre a sua sexualidade: "Para mim era mais importante eu ficar com essa pessoa que eu amava tanto, do que a minha carreira. Muitas pessoas falavam para eu não falar disso, que iria prejudicar minha carreira, para mim, era mais importante o amor que eu sentia pela pessoa na época.  Mas não tenho nenhum arrependimento disso. Eu já estava a quase 2 anos num relacionamento quando a imprensa achou fotos, e eu tinha duas opções, inventar uma mentira ou falar a verdade. Para mim era muito importante dizer a verdade,e eu não falei antes porque estava num grupo com mais 5 pessoas, não queria  prejudicar a carreira de mais 5 pessoas. Rebelde estava muito estourado e tinham muitas crianças com seus pais, tinha medo. Eu falei com cada um deles da banda, que queria falar disso  e acho que foi a melhor coisa que aconteceu. Porque você não paga a liberdade com nada. Você não pode se sentir mal ou menor que alguém por algo que é natural", desabafou o cantor.

O mexicano viveu por 8 meses no Brasil e abriu sobre a questão do preconceito contra homossexuais: "O preconceito é a mesma coisa, no Brasil, no México. E acho que o latino é muito preconceituoso. Não só para homossexuais, para as mulheres por exemplo, também é difícil.", lamentou. 

Em 2013, Christian entrou em uma depressão profunda e até tentou suicídio e relembrou o episódio ressaltando a importância de falarmos sobre isso: "Eu gosto de falar sobre isso, não tenho problema. Eu acho que a gente tem que normalizar a conversa sobre a depressão, ansiedade, síndrome de pânico. Muitas pessoas sentem a mesmas coisas. A gente vive a vida muito rápido, de imediatismo, tudo é muito globalizado, vivemos com muito estresse o tempo todo. Eu passei por um momento em que caí numa depressão muito forte, eu tentei me matar. Mas graças a Deus e a Anahí, uma das minhas melhores amigas, que eu estou aqui vivo. Depois disso eu acordei e vi como é difícil. Quando uma pessoa passa por um momento assim, não está pensando corretamente, é um momento extremamente difícil. E eu sempre gosto de falar que sempre vão ter tempos melhores. Uma coisa é ficar triste, as pessoas misturam a tristeza com a depressão. A depressão já é uma doença. Você tem que aprender muitas vezes a controlar, tomar medicamentos as vezes. Eu acho que é muito importante conscientizar sobre isso."
 

Último acesso: 27 Nov 2020 - 09:19:01 (328849).

Leia também

TV CARAS