musica Parceria

Caetano Veloso lança clipe diferentão ao lado de IZA

Os músicos contaram com o uso da Inteligência Artificial para criar efeitos

CARAS Digital Publicado terça 26 fevereiro, 2019

Os músicos contaram com o uso da Inteligência Artificial para criar efeitos
Caetano Veloso e IZA divulgaram o resultado da parceria - Reprodução/ Instagram

A Tropicália foi revivida por Caetano Veloso e IZA.

Os artistas foram ao estúdio pessoal do cantor, no Rio de Janeiro, para regravar o clássico Divino Maravilhoso, escrito por Caetano e Gilberto Gil, e que ficou conhecido na voz de Gal Costa, no fim de 1968.

Há alguns dias, foi liberado o áudio da produção que agora conta com vídeo.

A parceria rendeu um clipe, dirigido por Gustavo Tolhuizen, a convite do Google em homenagem aos 50 anos do movimento cultural. Para recriar a composição, foram utilizadas ferramentas de inteligência artificial.

O produtor Dudu Marote fez uso de aplicativos como o ''Beat Blender'', que gerou as batidas de rap que compõem a concepção. 

A canção tem uma pegada mais pop, mantendo o diálogo com os dias atuais. Levando em conta que o Tropicalismo unia ritmos tradicionais e elementos modernos, o toque da tecnologia caiu bem.

O contexto de lançamento era a ditadura militar no País. Caetano sugeriu que Gal apresentasse no Festival da Música Popular Brasileira, da TV Record, os versos do hino que tem como refrão ''É preciso estar atento e forte, não temos tempo de temer a morte''.

Apesar de não ter sido censurada pelo regime, a letra forte exalta o perigo que era se viver livremente naqueles tempos.

Último acesso: 02 Dec 2020 - 13:33:02 (314171).

Leia também

TV CARAS