CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Música / Culpado!

Bruno aponta o que agravou problema nos olhos de Marrone: "Plástica"

Bruno, dupla de Marrone, fala sobre o problema nos olhos de seu companheiro e aponta o que agravou seu quadro de saúde; veja!

Bruno e Marrone - Foto: Reprodução / Instagram
Bruno e Marrone - Foto: Reprodução / Instagram

O cantor sertanejo Bruno, dupla de Marrone, falou sobre os problemas de saúde de seu companheiro nesta sexta-feira, 21. Na última semana, o artista foi submetido a uma cirurgia oftalmológica de emergência devido a um glaucoma avançado. 

Em entrevista ao Portal Leo Dias, Bruno apontou sua crença sobre o que agravou o problema de visão de seu irmão. Segundo o famoso, o quadro de Marrone foi complicado pelas cirurgias plásticas, realizadas pelo cantor no ano passado.

"Já faz um tempinho que ele vem falando pra mim (do glaucoma). Depois da cirurgia (plástica) que ele começou a fazer exames. Aquelas plásticas que ele fez agravaram mais o problema. Deu probleminha no olho dele, né? O olho dele caiu. Eu não sou médico, não dá nem pra falar, explicar muito, mas acredito que sim", contou Bruno, que segue cumprindo a agenda de show da dupla sozinho.

Vale lembrar que Marrone fez vários procedimentos no rosto, como Lifting Facial, Blefaroplastia, Otoplastia, Rinosseptoplastia, Lipoaspiração de papada e preenchimento labial. Agora, ele deve levar cerca de 15 dias para se recuperar do novo procedimento.

Marrone perdeu parte de sua visão

Após realizar sua cirurgia de emergência, o cantor sertanejo Marrone recebeu a notícia de que perdeu parte da visão. Segundo os médicos, ele perdeu parte da visão periférica em decorrência do glaucoma.

Segundo o site G1, os médicos oftalmologistas Francisco Eduardo Lima e José Beniz Neto, que cuidam do cantor, revelaram que o glaucoma levou o artista a perder uma parte da visão periférica ao longo dos anos. Porém, isso não irá impedir que ele continue com sua vida normal.

"Felizmente, ele ainda nos procurou numa hora adequada, porque a visão central não foi perdida. Houve uma certa perda de campo visual, mas que é compatível com ele levar uma vida normal, fazendo sua profissão, seus shows, sem problema, desde que não haja progressão desta doença", anunciou o médico Francisco Eduardo Lima. 

Além disso, Marrone não teve sintomas relacionados com a visão. Ele procurou o atendimento médico por causa de uma dor de cabeça e o glaucoma foi descoberto. "O pessoal vai perdendo a visão periférica, aquela visão dos lados, não é a visão central que você está vendo as letras na televisão. A visão periférica aos poucos vai se perdendo, geralmente durante anos e de maneira sorrateira, assintomática, a pessoa não sente nada, não tem coceira no olho, não tem olho vermelho, não tem nada. Esse é o glaucoma mais perigoso, que ele durante anos vai roubando a sua visão e depois não devolve", afirmou José Beniz Neto.