"Brasileiro gosta de cantar a dor", diz Bruno Cardoso, do Sorriso Maroto

terça 5 maio, 2015
Sorriso Maroto
Sorriso Maroto Vitor Branco/Divulgação


Banda leva para a estrada o show do DVD 'Sorriso Eu Gosto Ao Vivo no Maracanãzinho' e lança novo CD com os sucessos que marcaram sua carreira

O Sorriso Maroto pegou a estrada com o show de seu novo DVD, Sorriso Eu Gosto Ao Vivo no Maracanãzinho. Enquanto colhe os resultados da primeira música do novo álbum, a romântica 1 metro e 65, a banda usa os shows como termômetro para definir qual será o próximo hit. No que depender da torcida dos músicos, a também romântica Lua de Mel sai na frente.

A letra trata da recuperação do amor – uma tentativa de salvar um relacionamento em crise. “Eu tenho uma máxima que existe um movimento da ‘sofrência’, o brasileiro gosta de sofrer, ele gosta de falar de dor”, conta o vocalista Bruno Cardoso. “Não é uma temática do Sorriso nesse disco, a gente foi muito mais pelas músicas que nos tocam do que qualquer outro tipo de coisa. Mas o brasileiro gosta de fechar os olhos e lembrar daquele momento que marcou. Você tem a oportunidade de extravasar a sua dor através da música, ela tem uma potência muito grande”, avalia.

Além das inéditas no DVD, a banda colocou no mercado um CD somente com canções que marcaram sua carreira, ideal para os mais saudosistas. “Acho que a gente fez tudo que não se faz em um CD ao vivo. Por exemplo, tem todas as falas do Bruno na íntegra, sem cortes”, conta Sérgio Jr. O momento de volta ao passado está presente também no show premium da banda – uma apresentação maior em estrutura, tempo de duração e repertório, que eles levam para capitais e cidades de grande porte.

+ 'É na instabilidade que você se descobre', diz Bruno Cardoso, vocalista do Sorriso

Além do romantismo, a banda continua com brincadeiras e jogo de sedução em algumas faixas, como Na Maldade, com participação de Anitta, e Conselho de Amigo, no qual Bruno divide os vocais com Cris Oliveira. “A gente tenta fazer uma pesquisa com o público, bem corpo a corpo, show a show, para tentar descobrir o que ele está querendo de nós, daquilo que apresentamos. Sempre gravamos um disco com todas podendo ser uma música de trabalho, então quando a gente coloca o CD na rua ele começa a ganhar um domínio público e são eles (os fãs) que escolhem”, conta Bruno. “Estamos vivendo o momento de 1 metro e 65, a música está correspondendo super bem, sempre entre as músicas mais executadas do país”, comemora.

“Nosso repertório fazemos um pouco por amostragem. A gente tenta cantar um pouquinho de tudo dentro dele. Tem uma que fala de um amor feliz, outra que fala do fim de um relacionamento, de uma tentativa de volta, tem uma que fala de amor próprio, tem a parte da brincadeira. Tentamos abraçar todas as facetas que o amor traz”, concorda Sérgio.

Confira o clipe de 1 metro e 65:

por Kellen Rodrigues
Atualizado sexta 10 maio, 2019 (261161)

Mais conteúdo sobre:

TV CARAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 A atriz usou suas redes sociais para compartilhar um registro do seu look com os fãs Isis Valverde posa com peça de grife e fãs elogiam
  2. 2 Gretchen agradece parceria com bloquinho de rua na web
  3. 3 Em Punta Cana, Karina Bacchi aproveita mar com o filho
  4. 4 Fernanda Paes Leme aparece deslumbrante no Carnaval
  5. 5 Ana Hickmann curte Carnaval com filho e amigos