Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Eita!

Vocalista da Banda Eva critica produção de evento após ter show interrompido: ''Falta de respeito''

Cantor da Banda Eva, Felipe Pezzoni, faz críticas nas redes sociais após grupo ter sido impedido de completar circuito em evento na cidade de Natal por conta de apresentação de dupla sertaneja

CARAS Digital Publicado em 11/12/2021, às 16h53 - Atualizado às 17h42

Banda Eva faz críticas na web após ter show interrompido por conta de dupla sertaneja - Reprodução/Instagram
Banda Eva faz críticas na web após ter show interrompido por conta de dupla sertaneja - Reprodução/Instagram

O vocalista da Banda Eva fez um desabafo durante apresentação na noite de sexta-feira, 10, na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte.

Chateado com a situação, Felipe Pezzoni (37), vocalista do grupo, contou que o show foi parado porque a produção do evento não queria atrapalhar outra performance que estava acontecendo em um dos camarotes.

"A gente está parado aqui, eles não querem que a gente dê a segunda volta porque tem uma banda tocando no camarote. Eles não querem incomodar", começou falando. A apresentação que acontecia ao mesmo tempo seria dos sertanejos Henrique e Juliano.

"Minha vontade era sair por esse portão(...). A gente está triste, não quero voltar aqui. Uma falta de respeito (...). A produção me decepcionou muito, tremendamente. Temos que valorizar as bandas de Carnaval. A gente segue, a nossa estrada e missão são maiores do que isso. Nossa missão é encontrar vocês em qualquer lugar no Brasil. Eu queria dar mais voltas nessa bagaça, mas fomos impossibilitados", disparou ainda.

Na página do Instagram da banda, foi publicado um comunicado, neste sábado, 11. "O grupo Eva vem a público demonstrar a sua total insatisfação e desagrado pela forma desrespeitosa com que a banda Eva, o bloco Eva Natal, o público e seus clientes foram destratados pela produção do Carnatal [nome do evento], através dos seus gestores, que, de forma arbitrária, determinaram o encerramento antecipado do desfile do bloco, com o fechamento dos portões de acesso, visando atender à pressão de outros grupos/estilos musicais, em detrimento dos compromissos assumidos contratualmente e do próprio nome do evento. Mesmo não sendo responsáveis, e nem participes do acontecimento, pedimos desculpas ao público presente, especialmente àqueles que adquiriram o abadá e que tiveram os seus direitos cerceados de forma grosseira, intempestiva e absurda. O Grupo Eva reafirma o seu propósito de sempre respeitar o seu público, fornecedores e, principalmente, a sua história de 40 anos", diz a nota.

"Temos orgulho da história do Eva e amamos a Banda Eva!", disse Claudia Leitte (41) nos comentários, em forma de apoio à banda.

Veja o comunicado da equipe da Banda Eva: