Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Luto!

Bailarino de Anitta morre e cantora se manifesta contra violência no Rio: ''Isso tem que acabar''

Vítima de violência, dançarino de 28 anos, Rodrigo Motta, foi vítima de um assassinato no Vidigal!

CARAS Digital Publicado em 10/12/2019, às 14h13 - Atualizado às 14h18

Anitta lamenta morte de amigo dançarino - Foto/Reprodução
Anitta lamenta morte de amigo dançarino - Foto/Reprodução

Segundo informações do jornal Extra, o dançarino Rodrigo Motta, de 28 anos, conhecido por participar do clipe Vai Malandra, de Anitta, morreu no Rio de Janeiro na última segunda-feira, 9, vítima de um assassinato no Bar da Laje, no Vidigal, onde trabalhava como bartender.

De acordo com a publicação, um morador da região, que não quis se identificar, relatou uma briga. Procurada, a Polícia Militar disse que ainda não tem informações sobre o caso de violência.

Morador da comunidade do Vidigal, na capital carioca, que não quis se identificar, explicou que Rodrigo teria se envolvido em uma briga na semana passada e que a morte teria sido motivada pela revanche. Ele teria levado um tiro no pé e na perna, seguido de agressões. Levado para o hospital, Rodrigo não resistiu.

Ao saber da morte do dançarino e amigo, Anitta lamentou o fato nas redes sociais e pediu justiça para o caso.

“Meus sentimentos à família e aos amigos de Rodrigo Motta que participou do meu clipe de Vai Malandra", começou. "Recebi essa notícia pela internet e fiquei estarrecida. Matar ou morrer virou algo banal no Rio de Janeiro. Isso tem que acabar”, escreveu a morena.

No clipe, Rodrigo aparecia passando óleo em mulheres, que usavam biquínis de fita isolante e foi elogiado pelo corpo malhado.