Música POLÊMICA

Katy Perry é acusada de assédio sexual por ator do clipe 'Teenage Dream'

Katy Perry e John Kloss nas gravações do clipe Teenage Dream em 2010
Katy Perry e John Kloss nas gravações do clipe Teenage Dream em 2010 Divulgação


John Kloss revelou pelo Instagram como era tratado pela cantora nos bastidores

Teenage Dream completou 9 anos na última sexta-feira, 9, mas ao invés de comemorar, o ator John Kloss, que viveu o affair de Katy Perry no clipe, utilizou as redes sociais para relatar os assédios que sofreu pela cantora, acusando-a de ter exposto suas genitais em uma festa de Hollywood.

John usou o Instagram para fazer seu desabafo. Ele iniciou dizendo que a musa era muito doce e simpática a princípio, mas que seu comportamento mudou com as gravações. "Sabe, depois que eu conheci Katy, nós cantamos uma música, Open The Eyes of My Heart. Ela era legal e gentil. Quando outras pessoas estavam por perto, ela ficava fria como o gelo até chamou de 'nojento' o fato de me beijar no set durante as filmagens. Eu fiquei muito envergonhado, mas continuei dando tudo de mim. Como a minha ex estava ocupada me traindo e a minha filha era apenas uma criança, eu sabia que tinha que suportar tudo aquilo por ela”.

Mais Notícias

Em seguida, ele ressaltou que se interessou por Katy e detalhou o episódio em que teve suas genitais expostas: "Após o primeiro dia de gravações, Katy me convidou para ir a um clube de striptease em Santa Barbara. Eu recusei e disse a ela 'Eu tenho que voltar para o hotel e descansar, porque esse trabalho é tudo que tenho agora'. Eu saí com a Katy algumas vezes depois que ela terminou com Russel. Uma vez eu trouxe um amigo que estava morrendo de vontade de conhecê-la. Era um luau de festa de aniversário de Johny Wujek. Quando eu a vi, nos abraçamos e ela ainda era a minha paixão. Mas quando me virei para apresentar meu amigo, ela puxou minha calça de moletom e minhas roupas íntimas o máximo que pôde para mostrar o meu pênis a alguns de seus amigos e à multidão ao nosso redor. Você consegue imaginar o quão patético e envergonhado eu me senti?"

O ator também confessou que decidiu trazer o caso à tona para provar que relacionamentos abusivos não partem somente dos homens, mas também das mulheres! No desabafo, ele afirma que mulheres com poder também são nojentas. "Acabei de dizer isso agora porque nossa cultura está voltada para provar que os homens poderosos são perversos. Mas as mulheres com poder também são nojentas. Então, para todo o bem dela, ela é uma cantora incrível, as músicas dela são principalmente grandes hinos de empoderamento".

Para finalizar seu texto, John disse que pensou em fazer uma homenagem ao aniversário do clipe com um cover, mas decidiu que não ajudaria mais a imagem de Katy. "Então, feliz aniversário para um dos trabalhos mais confusos, ultrajantes e depreciadores que já fiz. Yay # Teenage Dream. Na verdade, eu ia tocar a música no ukelele e cantar para celebrar o aniversário, mas como já estava pensando sobre tudo isso, pensei, f****-se, não vou ajudar a imagem dela em nenhum segundo mais".

Katy Perry ainda não se pronunciou sobre a publicação de John Kloss.

Nessa segunda-feira, 12, o ator compartilhou fotos de um suposto contrato onde dizia que ele não deveria falar sobre Katy Perry. "Eu deveria me minimizar e ficar na minha para proteger sua 'imagem'. Eu escutei e fui um bom menino. O medo se instaura quando você é censurado para proteger a imagem de outra pessoa. Mas em troca, tratado como uma prostituta e exposto na frente de um grupo de amigos e outras pessoas aleatórias. Então, você fica chocado e bloqueia, porque vê a face das crianças sendo animadas pela música positiva que ela cantou E a sua mente fica paralisada e te deixa dividido entre fazer o seu trabalho e proteger a imagem dela ou ser honesto e ajudar no diálogo global sobre poder e abuso. E você ouve mais de um milhão de vezes que os homens são o grande mal neste planeta. Enquanto isso, você conhece a verdade, que O PODER capacita o que é corrupto nas pessoas, independentemente de seu gênero", desabafou.

O ator quis deixar claro que optou por contar seu caso com Katy Perry para ajudar pessoas que passaram pelo mesmo. "Estou expondo nós dois para iluminar a todos. Eu não quero dinheiro por isso, muitos acabam projetando suas próprias ambições. Eu não quero fama. É por isso que aguentei tudo e continuei trabalhando, e segui apoiando a imagem de Teenage Dream. Este aniversário e o tempo me fizeram perceber que já é hora de deixar ir. Não quero mais nem um dia com 'Como foi trabalhar com Katy Perry?'", finalizou.

 

por Caras DIGITAL
Atualizado segunda 12 agosto, 2019 (325857) | 24/08/2019 19:31:40

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Após falar sobre importâncias, Anitta posta vídeo sensual após número de views em vídeo sobre a Amazônia Anitta posta vídeo sensual após 2 milhões de views em post
  2. 2 Emma Stone aparece irreconhecível como Cruella De Vil
  3. 3 Deborah Secco curte o dia em parque aquático com a filha
  4. 4 Apresentadora é acusada de bullying por caçoar de príncipe
  5. 5 Ex-BBB Munik Nunes anuncia término após viagem romântica
  6. 6 Taís Araújo e Lázaro Ramos atendem fãs na saída de peça
  7. 7 Aline Riscado faz a temperatura subir empinando o bumbum
  8. 8 Claudia Leitte flagra marido trocando fraldas da filha
  9. 9 Bruna Griphao deixa fãs babando ao posar só de biquíni preto
  10. 10 Esposa de Tiririca comemora aniversário de casamento