Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Conheça artistas que fazem campanha o ano inteiro contra a homofobia

No Dia Internacional Conta a Homofobia, conheça artistas que fazem questão de defender a causa durante o ano inteiro

Redação Publicado em 17/05/2013, às 17h48 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Relembre artistas que fazem campanha o ano inteiro contra a homofobia - Fotomontagem
Relembre artistas que fazem campanha o ano inteiro contra a homofobia - Fotomontagem

17 de maio é a data em que se celebra o Dia Internacional Conta a Homofobia, marco determinante na luta pelos direitos humanos estabelecida em 1992 em homenagem à data da exclusão da Homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) da Organização Mundial da Saúde (OMS). Mais uma vitória para quem acredita que toda forma de amor merece respeito.

No mundo dos famosos, a defesa pelo amor livre não é novidade e há anos o público convive com manifestações de apoio aos direitos humanos tanto com revelação de astros que vivem relacionamentos homoafetivos como com artistas que vivem casamentos heterossexuais, mas que apoiam o amor livre.

Para celebrar o Dia Internacional contra a Homofobia, selecionamos uma lista dos artistas mais engajados por todas as manifestações de amor. Confira!

A cantora baiana Daniela Mercury revelou no último mês de março estar feliz e casada com a jornalista Malu Verçosa, tornando-se a primeira diva do axé a assumir um relacionamento homossexual.

Em 2010, o ator Ian McKellen, que viveu o mágico Gandalf em Harry Potter e o vilão Magneto em X-Men, estrelou uma campanha contra a homofobia usando uma camiseta com os dizeres: “Algumas pessoas são gays. Supere isso”.

A destemida cantora Madonna sempre apoiou a causa gay e chegou a enfrentar as leis na Rússia semanas após o país aprovar lei que proíbe seus cidadãos de defender qualquer orientação sexual além da heterossexual.

A diva Beyoncé declarou seu apoio na luta contra a homofobia recentemente, utilizando a letra de uma de suas músicas mais famosas para engajar seus fãs na causa.

A irreverente Preta Gil é muito bem casada, mas nunca escondeu o fato de ser bissexual, tendo vivido relacionamento com mulheres no passado. Ela já se declarou até ‘uma mulher com espírito gay’.

A cantora Wanessa, eleita a diva brasileira do público gay, já afirmou como se sente feliz com o título e já fez críticas a políticos que pregam a homofobia.

O atleta Jason Collins se tornou o primeiro jogador da NBA a assumir sua homossexualidade. Em comunicado oficial, o pivô americano do basquete fez questão de abrir o jogo sobre sua opção e dar apoio a colegas que queiram fazer o mesmo. “Tenho 34 anos, sou negro e sou gay”.

A cantora Cher, mãe do transsexual Chaz Bono, abraçou a causa e assinou um contrato com a emissora Logo, para escrever uma série televisiva voltada ao público LGBT.