Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Novidades na área!

Após sucesso no The Voice, Júlia Rezende adianta novidade em sua carreira: ''Tá incrível''

Júlia Rezende fez o maior sucesso durante sua passagem pelo reality musical da Globo, The Voice Brasil

Tabatha Maia Publicado em 21/12/2021, às 15h38 - Atualizado às 15h57

Júlia Rezende fala sobre a carreira após 'The Voice Brasil' - Divulgação / Crédito: Victor Pollak - GShow
Júlia Rezende fala sobre a carreira após 'The Voice Brasil' - Divulgação / Crédito: Victor Pollak - GShow

Júlia Rezende (22) não chegou na grande final do The Voice Brasil, mas viu suas apresentações serem elogiadas no palco do reality global por grandes nomes da música brasileira, como IZA (31) e Claudia Leitte (41), que se dirigiram à cantora como 'artista' e 'estrela'. 

Batalhando por uma vaga na semifinal pelo time do Michel Teló (40), ao lado de Thor Junior e Fernanda de Lima — que conquistou a maioria dos votos —, Júlia soltou a voz com o hit 'Melhor Sozinha', da cantora Luisa Sonza (23). A apresentação agradou tanto à artista, que ela fez questão de compartilhar um vídeo em suas redes sociais: "Você arrasa demais", escreveu ela. 

Diante do sucesso, dos elogios recebidos e dos looks laranjas que marcaram a edição, a CARAS Digital bateu um papo com a participante e conta tudo sobre a experiência no programa e a vida pós-reality musical.

Claudia Leitte exibe detalhes de vestido fendado usado no 'The Voice Brasil' e leva fãs à loucura

Júlia Rezende revela maior desafio de cantar no palco do The Voice

Mesmo acostumada com o frio na barriga que sente antes e durante as suas apresentações, Júlia contou que ficou nervosa no The Voice Brasil. Segundo ela, foi intimidador soltar a voz na frente dos jurados. 

"Conter o nervosismo, sem sombra de dúvidas. É intimidador subir naquele palco e ter jurados tão consagrados no meio musical analisando sua performance o tempo todo, sem contar a audiência gigantesca que o programa tem. Eu busquei desviar o foco desses fatores e me jogar 100% na música, no texto que estava sendo cantado", disse ela. 

Sobre os elogios, Júlia garantiu que tem um sabor especial ver o seu trabalho ser reconhecido: "Tive uma sensação de êxtase. Ser reconhecida por nomes como IZA, Claudia Leitte e Luísa Sonza é uma honra pra mim, elas são grandes referências na minha construção musical, e receber comentários tão positivos me faz ter certeza de que estou no caminho certo", contou. 

"Saí do The Voice uma cantora mais segura, mais confiante do meu talento graças aos comentários incríveis que recebi dos jurados e das pessoas que me assistiram. Aprendi a confiar mais na minha intuição, na minha percepção sobre o que as pessoas querem ouvir."

Mesmo não ganhando o programa, Júlia conseguiu alcançar todos os seus objetivos: "Com “Nossa Conversa’’ conquistei o coração de Lulu Santos, um ícone da música popular brasileira. Depois, com “Dancing With The Devil” consegui conquistar a internet, foi a música em que dei tudo de mim e mostrei todo o meu potencial vocal. Já no ao vivo com “Melhor Sozinha” tive a atenção de Luísa Sonza e das pessoas que acompanham a cantora. Consegui mostrar muito da minha identidade artística com apenas três apresentações. Missão cumprida com sucesso", afirmou.

Iza aposta em vestido transparente e brilhante da cabeça aos pés para o 'The Voice Brasil'

Looks de Júlia Rezende fizeram sucesso no palco do reality

Além da voz e da presença de palco, o que chamou atenção de todos foram os looks escolhidos pela cantora. Sempre com uma peça laranja, ela novamente conquistou elogios no programa e na sua conta do Instagram, onde coleciona mais de 50 mil seguidores. 

Em sua visão, para um artista ter sucesso é preciso olhar 360.º: "Imagem, voz, linguagem corporal, impacto visual, repertório e vários outros atributos que eu busquei trazer para o palco do The Voice, e nos meus próximos projetos. A moda é uma forma de expressão não verbal, você não precisa dizer nada, basta enxergar. Utilizei esse recurso visual a meu favor com a repetição da cor laranja, de forma que quando as pessoas batessem o olho na TV, elas já soubessem de quem se tratava sem ao menos saber o meu nome. Afinal, sou uma artista que está dando os primeiros passos.​", explicou.

Júlia Rezende
Divulgação/Crédito: Jennifer Pereira

Júlia contou que a sua estratégia teve um retorno muito bom: "Recebo muitas mensagens de pessoas dizendo que passaram a gostar de laranja por minha causa, que lembram de mim quando veem a cor, e até mesmo pessoas perguntando onde comprar as peças que utilizei no palco. Foi uma estratégia de muito sucesso."

Júlia Rezende abre o jogo sobre os planos pós 'The Voice'

Com o sonho de cantar ao lado de Demi Lovato (29) e Luísa Sonza, Júlia Rezende deu detalhes do que os seus fãs podem esperar em 2022. "Quero lançar um EP. Já temos uma música prevista para janeiro com um clipe lindo gravado, dirigido e roteirizado por mulheres. Tá incrível!", garantiu. 

"Espero fazer shows pelo Brasil, ainda mais nesse momento pós pandemia, vai ser especial ter contato direto com o público que até então só conseguiu me acompanhar através da TV e redes sociais", encerrou. 

Julia Rezende
Divulgação/Crédito: Jennifer Pereira

Em carreira solo desde 2020, ela está com dois singles autorais disponíveis em todas as plataformas digitais: “Outro Patamar” e “Livre, Leve e Louca”. Além de clipe no YouTube.