Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Aplausos ao talento de Tony Angeli

Agnaldo Rayol e Sérgio Reis participam da gravação do DVD do artista

CARAS Publicado em 24/07/2016, às 10h16

Tony e a mulher, Mirtes Bianchezi, entre os casais Sérgio e Ângela Márcia e Leila Schuster e José Luiz Gandini - JOÃO PASSOS/ BRASIL FOTOPRESS
Tony e a mulher, Mirtes Bianchezi, entre os casais Sérgio e Ângela Márcia e Leila Schuster e José Luiz Gandini - JOÃO PASSOS/ BRASIL FOTOPRESS

Italiano radicado no Brasil há mais de 50 anos, o cantor Tony Angeli (74) comemorou seus 50 anos de carreira do jeito que mais gosta: no palco. O artista gravou DVD com a participação de grandes amigos como Agnaldo Rayol (78) e Sérgio Reis (76), em teatro da capital paulista. “Celebrar meio século de carreira é muito satisfatório. Nem parece que estou há tanto tempo assim. Passou rápido e depressa, mas acredito que tudo o que é bom e bonito passa rápido mesmo. Espero continuar trabalhando do jeito que eu amo por muitos anos ainda”, declara Tony, que recebeu o carinho da mulher, Mirtes Bianchezi (56), com quem está há 12 anos.

Com patrocínio da Kia Motors do Brasil, o DVD conta com 15 famosas canções italianas acompanhadas por orquestra regida pelo maestro Marco Pontes, o Caixote. Para cantar com Agnaldo Rayol e Sérgio Reis, Tony escolheu O Sole Mio e Io Che Amo Solo Te, respectivamente. “Conheço os dois artistas desde a minha chegada ao Brasil, em 1966. Vivemos acontecimentos lindos juntos e é uma alegria enorme tê-los ao meu lado neste momento tão marcante e especial da minha trajetória”, emociona-se o italiano. “Tony é daqueles amigos que você carrega para a vida toda. Foi um grande prazer participar do DVD comemorativo dele”, festeja Sérgio, acompanhado pela mulher, a também cantora e fiel escudeira Ângela Márcia (61), com quem está casado desde janeiro de 2008.

Amigo de longa data de Tony, José Luiz Gandini (57), presidente da Kia Motors do Brasil, e a mulher, a sempre elegante Leila Schuster (42), fizeram questão de levar seu abraço. “Conheci Gandini há 15 anos, quando cantei no aniversário da mãe dele. Foi paixão à primeira vista e desde então somos muito próximos. Sou grato a ele e à família pelo carinho que sempre tiveram comigo”, exalta ele. “Foi um show emocionante. Tony estava cheio de energia e tem muito carisma”, frisa Leila.

Tony e Agnaldo no palco