musica Talentosa!

A cantora Norueguesa, Aurora, promete conquistar o público com a sua música mística e alternativa

A artista segue a linha de eletropop, ao lado de Lorde e Billie Eilish

André Luiz Freitas Publicado segunda 27 maio, 2019

A artista segue a linha de eletropop, ao lado de Lorde e Billie Eilish
A cantora Norueguesa, Aurora, promete conquistar o público com a sua música mística e alternativa - Foto/Destaque 'Infections of a different kind'

Marcada pela voz doce e etérea—e conhecida por parecer uma fadinha, tanto pelo estilo, música e até mesmo pela personalidade — Aurora Aksnes, de apenas 23 anos e nasceu em Bergen, Noruega. Em sua sonoridade, percorre um pop onírico e, por vezes, melancólico — remetendo a nomes como Björk, Florence and The Machine.

Dona do sucesso “Runaway”, a artista segue a linha do eletropop e se insere em um cenário do pop feminino alternativo, ao lado de Grimes, Lorde, Billie Eilish, entre outras. Durante as suas performances, Aurora costuma utilizar a expressão corporal, transmitindo algo místico e mágico.

A cantora possui uma forte conexão com a música desde criança, aprendeu a tocar piano na infância quando tinha apenas seis anos. Aos nove, suas primeiras composições apareceram. Em uma conversa com a Caras, a cantora revelou que sempre escreveu músicas com um forte significado.

Ela começou a ser conhecida na Noruega ainda na adolescência e projetou-se internacionalmente quando lançou seu primeiro EP, Running with the Wolves, em 2015. A música é uma das favoritas entre os fãs, durante a sua apresentação no Credicard Hall quase cheio, ela levou os seus maiores hits para a platéia que foi a loucura.

Durante o lançamento do EP, ela recebeu uma pequena ajuda de Katy Perry, nas redes sociais a cantora norte-americana compartilhou o clipe de Runaway e declarou: “Finalmente. Uma música nova que fez meu coração flutuar. Vejam este anjo de 17 anos”. Até hoje a canção é um dos maiores sucessos da norueguesa, com 55 milhões de visualizações no YouTube.

Já em 2016, Aurora lançou seu primeiro disco, 'All My Demons Greeting me as a Friend', que entrou no Top 100 de outros 55 países. Seu segundo disco, 'Infections of a Different Kind (Step 1)', foi lançado em 2018. Nesse álbum, a cantora apresentou sua língua própria em Forgotten Love.

Durante a nossa entrevista, ela revelou que começou a construir a sua própria língua quando ainda era pequena. Usava para falar com meus amigos imaginários. E agora, incluiu nas suas músicas. 

A continuação de 'Infections of a Different Kind (Step 1)' tem previsão de lançamento para 7 de junho. Chama-se A Different Kind of Human (Step 2) – e para a alegria dos fãs, os singles chefes Animal, The River e The Seed estão disponibilizados nas plataformas de streaming.

Último acesso: 04 Aug 2021 - 01:55:54 (320658).

Leia também

TV CARAS