Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Moda / COLUNA

Multifacetado, Pharell Williams faz história com desfile grandioso de Velho Oeste

Pharell Williams, diretor criativo do masculino da Louis Vuitton, oferece um olhar alternativo sobre concepção de luxo

Pharell Williams transforma música, artes e moda - FOTO: GETTY IMAGES
Pharell Williams transforma música, artes e moda - FOTO: GETTY IMAGES

Multifacetado, Pharell Williams (50) é um artista que transforma em ouro tudo o que toca, seja na música, nas artes ou na moda. Como diretor criativo do masculino da Louis Vuitton, Williams oferece um olhar alternativo e altamente criativo sobre a sua concepção de luxo. Com desfiles grandiosos e coleções que redefinem a estética da tradicional maison, Pharrell continua fazendo história e deixando uma marca grandiosa e importante na linha do tempo da moda, especialmente por aproximar a ideia de diferentes culturas e manifestações artísticas com a herança e a trajetória consolidada de uma marca que já é centenária.

Em sua segunda apresentação para a maison, Williams oferece sua visão sobre o Velho Oeste. Como uma marca mundialmente reconhecida por suas famosas malas de couro e historicamente ligada a viagens, o estilista quis unir essa narrativa original da Vuitton à vida nômade dos caubóis americanos, mas levando em consideração as verdadeiras figuras do faroeste, que raramente são representadas nos filmes e compostas, em sua maioria, por povos nativos norte-americanos.

Para que sua manifestação criativa fosse justa, Pharrell usou modelos, profissionais, artesãos, músicos e os pequenos produtores com origem nativoamericana para formar a coleção, que trouxe vestimentas típicas do universo do Velho Oeste com as nuances urbanas tão conhecidas em seu trabalho. Apesar da coleção masculina, Williams fornece looks de proposta feminina, que provam a sua versatilidade quando nós tratamos das roupas que transitam em diversos contextos e gêneros.

FOTOS: GETTY IMAGES