lgbt ARRASOU

Pabllo Vittar relembra apelido que recebia na infância e dispara: ''Queria dar um murro na cara''

Estrela relembra termo preconceituoso que ouvia na infância e enfatiza: ''Gosto de ser chamado de viado''

CARAS Digital Publicado sexta 28 junho, 2019

Estrela relembra termo preconceituoso que ouvia na infância e enfatiza: ''Gosto de ser chamado de viado''
Pabllo Vittar - Instagram/Reprodução

Curtindo o badalo de Nova York, Estados Unidos, Pabllo Vittar vem compartilhando vários momentos divertidos da rotina no seu Instagram.

Mas na última quinta-feira, 27, a diva drag brasileira resolveu falar sobre um assunto do universo LGBTQ+ nos Stories. A dona do sucesso "K.O." relembrou um termo preconceituoso que ouvia na sua infância: "Gente, lembram quando vocês iam pro colégio e a galera ficava chamando vocês de 'boiola'? Eu acho essa palavra tão feia... Nossa e baitola, também. Podre!", disparou na gravação.

Com muito bom humor, a artista continuou falando sobre a situação e ironizou: "Pelo amor de Deus, inventa um nome mais bonito pra gente! Chama de viado que já tá bom, tá? Mas se você não foi LGBT não pode, são regras". Em seguida a musa afirmou: "Eu sou viado, gosto de ser chamado de viado. Baitola é muito feio!".

Sem papas na língua, Pabllo revelou a sua maior vontade quando era chamado de baitola: "Eu queria dar um murro na cara dos meninos da minha rua que me chamavam disso. Não porque eu sou gay, não escondo isso de ninguém. Mas é muito feia essa palavra, credo!".

Um amigo da estrela lembrou da palavra 'Mariquinha', e a cantora brincou: ''Marica eu acho legal!". No último vídeo Vittar finalizou o assunto: "Quer chamar a gente de algum nome? Chama assim... 'Que viado bonito', 'Olha que viadão gostoso'."

PRECONCEITO

Convidado do "Programa da Maísa", exibido pelo SBT no íncio do mês, a cantora não conseguiu segurar a emoção ao falar sobre quando sofria preconceito na escola, em um desabafo, ela começou: "No ensino médio as pessoas começaram a me aceitar, a me respeitar. Foi ali que me descobri quem eu era", disse Pabllo logo após ser exibido um trecho de "Indestrutível". A música fala exatamente sobre esse momento da vida da cantora. "Recebo muita mensagem de pessoas que estão se descobrindo, que estão podendo ir pra escola", completou.

A apresentadora fez questão de prestar apoio a Vittar e compartilhou o momento nas suas redes sociais. "Obrigada pela sua coragem Pabllo Vittar, obrigada por ser uma voz hoje ".

Confira alguns vídeos do desabafo clicando nas imagens abaixo:

Instagram/Reprodução

Instagram/Reprodução

Instagram/Reprodução

 

Último acesso: 12 Jun 2021 - 09:18:36 (323019).

Leia também

TV CARAS