Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Cory Monteith não morreu por uso de drogas, diz autópsia

De acordo com a polícia de Vancouver, no Canadá, a causa da morte de Cory Monteith ainda é incerta, mas não foram encontrados sinais de uso de drogas ilícitas. Já o site TMZ diz que o ator morreu ao fazer uma combinação de heroína e álcool

CARAS Online Publicado em 16/07/2013, às 15h11 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Cory Monteith: melhores momentos do ator - Foto-montagem
Cory Monteith: melhores momentos do ator - Foto-montagem

O ator Cory Monteith não morreu por abuso de drogas. Segundo o jornal The Independent, a polícia de Vancouver, Canadá, disse que o motivo da morte ainda é incerto mesmo após os primeiros exames, mas já é possível descartar overdose por drogas.

+ Cory Monteith: astro de Glee encontrado morto em quarto de hotel no Canadá

+ Cory Monteith: confira os melhores momentos do ator

O sargento Randy Fincham declarou que não havia nada que indicasse que a morte do ator foi devido ao uso de drogas ilícitas. O resultado exato ainda deve levar alguns dias para ficar pronto.

Já o site americano TMZ afirma que o ator morreu por overdose de heroína e álcool e também credita às informações às autoridades canadenses.

+ Cory Monteith morreu por overdose de heroína e álcool

O ator, famoso por interpretar Finn no seriado Glee, foi encontrado morto em seu quarto de hotel em Vancouver logo após o meio-dia de sábado, 13, quando perdeu o horário do check-out. Ele estava hospedado desde o dia 6 e foi visto na companhia de algumas pessoas horas antes de ser encontrado morto, mas as câmeras de segurança mostraram que Cory voltou sozinho para o quarto.

O ator namorava a atriz Lea Michelle, a Rachel de Glee, que, em comunicado, afirmou estar devastada pela notícia e pediu para que sua privacidade fosse respeitada neste momento difícil.

+ Relembre a história de amor de Cory Monteith e Lea Michele

Em abril deste ano Monteith esteve internado em uma clínica para se tratar da dependência de drogas. Em 2011, ele afirmou à revista Parade, que começou a usar drogas aos 13 anos, e que aos 19, se internou pela primeira vez quando sua mãe e amigos intercederam. Lea Michele apoiou a decisão do namorado em se internar em uma clínica de reabilitação em abril deste ano."Eu o amo e estarei ao seu lado neste momento", falou na ocasião. O casal começou o relacionamento amoroso nos bastidores do seriado.

+ Veja Cory Monteith como viciado em drogas em filme inédito

Morte deve atrasar início da nova temporada de Glee

Segundo o jornal New York Daily News, a morte do ator deve atrasar o início da nova temporada, prevista inicialmente para setembro. Fontes da publicação disseram que o tempo seria "para deixar todos respirarem".

Na quinta temporada Finn, personagem de Cory, estaria de volta ao McKinley High School como co-conselheiro do Clube Glee e faria uma graduação de professor na Universidade de Lima.

+ Igreja comemora morte de Cory Monteith e promete protesto em velório