Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Decoração da Ilha de CARAS: Toaletes

by Guilherme Osborne

Redação Publicado em 25/12/2012, às 11h24 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Cor e capas históricas em homenagem à revista. Laca em bancada, cestas e luminária. - -
Cor e capas históricas em homenagem à revista. Laca em bancada, cestas e luminária. - -

Entrar nos toaletes da Ilha é embarcar em uma viagem no túnel do tempo na concepção do arquiteto Guilherme Osborne (50). Nas paredes, que foram pintadas de vermelho, cor predominante da revista, estão capas marcantes, como a primeira, de 1993, que reporta a lua de mel do casal Lily (1921-2011) e Roberto Marinho (1904-2003), além de outras com momentos marcantes de nascimentos, casamentos, separações e mortes de celebridades que tanto emocionaram os leitores. “É uma galeria de CARAS. Quando soube do tema, resolvi fazer uma retrospectiva da publicação. Não sou muito saudosista em relação a mim, mas gosto de ver coisas que já passaram. Também criei alguns quadros de madeira pintada com as palavras mil beijos, mil alegrias, mil castelos, mil ilhas”, conta Guilherme, que tem 25 anos de profissão e fez sua estreia na Ilha com o que considerou ser um grande desafio. “Analisei cerca de 700 capas da revista para escolher as mais significativas. Acho que os convidados vão gostar de se ver, será comovente para quem participou dessa história”, emenda.

Nos toaletes, as toalhas, brancas como as louças, também trazem a palavra mil bordada em vermelho. Guilherme criou para o ambiente uma mesinha em MDF laqueado de vermelho, onde ficarão expostos exemplares da revista, e uma bancada do mesmo material, que servirá de prateleira para deixar roupões, toalhas. Ainda em laca vermelha, a luminária foi posicionada acima do espelho. “É uma caixa com a luz, funciona como se fosse uma espécie de arandela”, explica o arquiteto. Para combinar com o piso e a pia em mármore e contrastar com o vermelho, ele optou por colocar cabideiro cromado e pedra de mármore ônix em uma das paredes. “É bem mais fácil de higienizar, o material é ótimo para banheiros”, garante Guilherme, que completou a decoração com cestas de rattan laqueadas de branco.