Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Chef Carlos Iglesias fala da paixão pela gastronomia

O restaurateur Carlos Iglesias celebra amor pela gastronomia e conquista paladares na Ilha de Caras

Redação Publicado em 24/07/2012, às 20h35 - Atualizado em 27/07/2012, às 23h26

Dono do badalado restaurante Porto, de SP, Carlos acumula elogios também por assinar o catering da temporada 2012 da Ilha de CARAS, em Angra dos Reis. - -
Dono do badalado restaurante Porto, de SP, Carlos acumula elogios também por assinar o catering da temporada 2012 da Ilha de CARAS, em Angra dos Reis. - -

Médico, nutrólogo, autor e restaurateur, Carlos Iglesias (47) é do tipo que faz mil coisas ao mesmo tempo, mas logo avisa: é movido a uma única e grande paixão, a gastronomia. Integrante de um clã que se tornou referência mundial da culinária mediterrânea, o empresário encontrou sua própria receita de sucesso ao assumir o comando do badalado restaurante Porto, inaugurado na rua Amauri, em São Paulo, há cerca de um ano. A empreitada deu tão certo — com casa lotada e elogios dos críticos — que o paulistano resolveu dar um passo maior: assinar almoços exclusivos e o catering da temporada 2012 da Ilha de CARAS. “Tenho um respeito profundo pela revista; CARAS é sinônimo de credibilidade e excelência. Esta é uma parceria que espero sustentar por muitos anos”, diz ele. “Sem falar que o clima da ilha é incomparável!”, acrescenta.

Filho do empresário espanhol Belarmino Iglesias (80), fundador do Grupo Rubaiyat, do qual também é sócio, Carlos herdou do pai o gosto pela culinária, mas ao contrário do mestre autodidata, fez questão de se especializar durante longa temporada em Nova York. “Me formei pela Art Institute of New York City, pela French Culinary Institute e também pela NYU. Investi pesado no aprendizado, não foi coisa de um cursinho de verão. Quando voltei ao Brasil, tive segurança para me aventurar nos negócios”, conta Carlos, que é casado com a norte-americana Lisa (37), com quem tem Juliano (8).

– O que mais lhe encanta no universo da gastronomia?

– É uma paixão que cresceu com os anos, os estudos e a ligação a pessoas do ramo. O setor de alimentação é como qualquer outro ramo da indústria, se você não conhece bem a base, não subirá na pirâmide. Cresci vendo meu pai buscando produtos de alta qualidade, quase artesanais, e adotei o mesmo mote em meu restaurante: ‘do campo ao prato, do mar ao prato.’ Quero usar tudo fresco, sem muitos intermediários. Buscar alternativas para a logística de produção e de acomodação dos alimentos me fascina.

– Como é ser filho do Belarmino Iglesias?

– Como filho, digamos, pessoa física, morro de orgulho! É incrível pensar no império que ele construiu e ainda mais bacana é saber que ele começou há 57 anos como um humilde garçom. Ele voltou para a Espanha depois de 20 anos que imigrou, rico e sustentando uma verdadeira escola. Sempre foi um pai generoso e nos incentivou a estudar. Mas, como profissional, confesso que a pressão triplica. É difícil vencer em um ramo tão competitivo e ainda superar o peso de um sobrenome como este.

– Você também é escritor...

– Empresário, nutrólogo, escritor, piloto de helicóptero... Eu não paro nunca, sou meio acelerado. (risos) Escrevi meu primeiro livro Sabor & Saber – Os Cinco Sentidos da Alimentação, em 2006, e planejo lançá-lo nos EUA. Os americanos ficam loucos com as maravilhas que temos no Brasil, os peixes da Amazônia ricos em Ômega 3, nossa infinidade de frutas, nosso tempero especial. O Brasil é único e a nossa gastronomia, também.