Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

O depoimento forte e polêmico de Xuxa

Xuxa diz que sofreu abuso sexual e, na Ilha de Caras, lembra seu passado

Redação Publicado em 22/05/2012, às 12h10 - Atualizado em 17/03/2020, às 14h50

A serenidade de Xuxa em Angra. Em entrevista, ela surpreende ao revelar que foi pedida em casamento pelo cantor Michael Jackson. - Cadu Pilotto
A serenidade de Xuxa em Angra. Em entrevista, ela surpreende ao revelar que foi pedida em casamento pelo cantor Michael Jackson. - Cadu Pilotto

As opiniões de Xuxa Meneghel (49) já provocaram muitas polêmicas. Tanto que balizam até hoje a vida dos seu seguidores, como, às vezes, também foram recebidas com críticas e ironias pelos que não simpatizam com ela. Mas a apresentadora nunca suscitou tanta comoção quanto na noite de domingo, dia 20. Em entrevista ao Fantástico, no quadro O Que Vi da Vida, ela surpreendeu a todos com um depoimento de 25 minutos. Entre várias declarações fortes, admitiu que foi abusada sexualmente até os 13 anos, chegou a citar três responsáveis diferentes pelo crime, e contou ter sido pedida em casamento pelo astro pop Michael Jackson (1958-2009). A coragem, para alguns, ou a busca de exposição, para outros, repercutiu imediatamente tanto nas redes sociais, como elevando a audiência do dominical da Globo, que atingiu picos de 30 pontos. Nas últimas semanas, o programa vinha registrando a média de 21. No dia seguinte, tranquila, preferiu não falar mais dos temas. Não quis nem mesmo esclarecer dúvidas que surgiram a partir das afirmações. Em sua página no Facebook, Xuxa agradeceu as mensagens de carinho e justificou sua posição. “Eu não me sinto bem falando mais desse assunto.Espero que vocês entendam e aceitem minha decisão. Queria ajudar crianças que passam ou passaram pelo que passei, que elas falem, denunciem, não fiquem se sentindo culpadas. Mães, ouçam seus filhos e acreditem em tudo o que eles falam. Prestem atenção se eles mudarem em alguma coisa. Meu sonho é que um dia nenhuma criança sofra qualquer tipo de violência doméstica. Quando a gente sonha sozinho, chega longe, mas quando sonha com muita gente, chega mais rápido e muito mais longe”, encerrou. Engajada em uma campanha que combate a violência infantil, Xuxa assume que fez a revelação com o objetivo de, com seu exemplo, chamar a atenção para o grave problema social. Justamente por isso quis sublinhar seus sentimentos da época do abuso. “Sei o que uma criança sente. Nós achamos que somos culpados. Sempre achei que estava fazendo alguma coisa: ou era minha roupa ou era o que eu fazia que chamava a atenção. Então, ao invés de falar para as pessoas, tinha vergonha, me calava, me sentia mal, me sentia suja, me sentia errada”, desabafou.

Foi com a mesma coragem que expôs um trauma de infância que Xuxa falou de sua vida pessoal. Não escondeu que enfrentou dificuldades de relacionamento com o pai, Floriano (79). E admitiu que o grande amor de sua vida foi Ayrton Senna (1960-1994), com quem namorou entre 1988 e 1990. A apresentadora, que não assume uma relação desde 2009, após o fim com Luciano Szafir (43), pai de sua filha, Sasha (13), contou que na véspera da morte do piloto havia decidido procurá-lo, mesmo sabendo que Senna, na época, já namorava Adriane Galisteu (39), cujo nome não foi citado por ela. “Queria olhar para o Ayrton e ver se sentia mesmo tudo aquilo que achava”, disse ela, que falou mais sobre a relação. “Se existe a palavra alma gêmea, a minha alma gêmea estava ali, na minha frente. A gente ficou junto um ano e oito meses. Depois nos separamos e passamos mais dois anos nos vendo quase sempre. Achava que um dia a gente iria se encontrar de novo”, garantiu ela, que atribuiu o fim do romance à agenda de ambos. “Estava trabalhando muito, ele, também. Aí nos separamos”, disse Xuxa.

A relação com outro famoso também marcou a vida de Xuxa, o ex-jogador Pelé (71). Em encontro com Luiza Brunet (50) na Ilha de CARAS, as duas gargalharam relembrando histórias da época em que eram as modelos mais requisitadas do Brasil. “Éramos as únicas com curvas, enchíamos um biquíni”, lembrou Luiza. Juntas, estamparam mais de 50 capas, inclusive com o rei do futebol. Em um desses ensaios, a apresentadora iniciou a relação que durou seis anos. Hoje, Xuxa admite que inicialmente Pelé se encantou mesmo foi com a beleza tipicamente brasileira de Brunet. Na época, a modelo estava casada com o seu primeiro marido, o engenheiro Gumercindo Brunet. “Pelé era fogo”, diverte-se hoje Luiza. Com a impossibilidade, o craque acabou direcionando sua atenção para Xuxa, então com 17 anos. “Ele começou a conversar comigo, ligava bastante, queria falar com a minha mãe, mandava flores para ela. E as pessoas começaram a falar cada vez mais. Um dia, ele me deu um beijo. Me deu um frio na barriga. Ele foi uma pessoa muito importante para mim, gostei muito dele. Aprendi muita coisa boa, muita coisa ruim. Pena que eu era muito nova e ele muito conhecido e bem mais velho”, lembrou. Sobre a proposta de casamento de Michael Jackson, Xuxa garante que não se sentiu tentada. “Ele era um ídolo, mas um ídolo virar outra coisa é diferente. Ele queria casar e ter filhos comigo. A minha resposta foi não. Fico com a pessoa por quem me apaixono”, justificou ela.