Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Restaurante

By Gorete Colaço, inspirado na China

Redação Publicado em 22/12/2010, às 21h05 - Atualizado em 07/06/2012, às 23h25

A cultura da China está retratada nos tons fortes e em detalhes da decoração. - CADU PILOTTO; PRODUÇÃO: CLAUDIO LOBATO E ANA LUIZA VEIGA
A cultura da China está retratada nos tons fortes e em detalhes da decoração. - CADU PILOTTO; PRODUÇÃO: CLAUDIO LOBATO E ANA LUIZA VEIGA
Ao mergulhar na história do gigante China, a segunda maior economia do mundo, só atrás dos Estados Unidos, com uma população de mais de 1,3 bilhão, Gorete Colaço (40) foi logo cativada por suas fantásticas lendas. E, de imediato, defi niu as duas cores que predominarão no restaurante. "O dourado representa o sol, a alegria. E o vermelho, o sangue, coração, batimento. Então, para ter vida, eles precisam do sangue e do sol", explicou ela. Já na chegada ao local, os vips são recebidos por seis esculturas de gesso em formato de guerreiros chineses. A maior delas tem 1m50 de altura. "É uma forma de dar as boas-vindas aos convidados e também de brincar com a questão de ter um guardião aqui", disse ela. No deck do restaurante, Gorete utilizou duas mesas de madeira comunitárias, intercalando cadeiras e bancos com almofadas revestidas com tecidos chinês. "Eles utilizam muito esse formato lá para várias pessoas almoçarem ou jantarem juntas", explicou. Já na varanda, a arquiteta distribuiu duas mesas retangulares e outras duas redondas, totalizando 70 lugares no ambiente. "Criei ainda um espaço para chá onde coloquei uma mesa baixa com futons no chão. É para as pessoas se sentarem com as pernas cruzadas, como eles fazem mesmo tradicionalmente", contou. Dois enormes lustres redondos chamam a atenção dos convidados pelo painel preto com a figura de um dragão em dourado, símbolo do país. "Quando acende a luz, essa imagem reflete na mesa. Fica muito bonito", explicou a profissional. Ainda na decoração, se destacam três esculturas de parede feitas em madeira e com o formato de carpas. Idealiza das pela designer Ana Paula Castro (40), elas simbolizam a força e a coragem do povo. Todos os outros adornos também remetem ao país, como um bumbo, chaleiras de madeira e barcas, utilizadas antigamente pelas mulheres para carregar algum mantimento. Em seu quinto ano no time de conceituados decoradores da Ilha de CARAS, Gorete contou que adora o clima alto-astral e de expectativa que perdura durante todo o trabalho em Angra. "Sou veterana aqui, mas é sempre muito divertido. Afinal, estamos entre colegas de profissão e também com a equipe da revista, que sempre é atenciosa com a gente", elogiou ela, que aproveita para discorrer sobre as novidades na área da decoração em 2011. "A tendência é a utilização de muita cor. Depois desse boom do clean, veio essa coisa mais aquecida, que deve continuar no próximo ano. Aposto também em revestimentos de tecido com estamparias", comentou a arquiteta.