galerias Encontro de líderes

Prêmio Nacional de Turismo, criado pelo ministro Vinicius Lummertz, reúne nomes de peso no Rio

A cerimônia aconteceu durante a noite desta quarta-feira, 5, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro

CARAS Digital Publicado quarta 5 dezembro, 2018

A cerimônia aconteceu durante a noite desta quarta-feira, 5, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro
Ministro Vinicius Lummertz - Cadu Pilotto

O chamado "Oscar do Turismo" preencheu a Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, com renomados e importantes nomes do turismo brasileiro.

A primeira cerimônia do Prêmio Nacional de Turismo, idealizado pelo ministro Vinicius Lummertz, aconteceu na noite desta quarta-feira, 5.

As categorias são: Valorização do Patrimônio pelo Turismo; Rede Brasileira de Trilhas de Longo Curso e Conectividade; Monitoramento e Avaliação do Turismo; Contribuições do Turismo em Áreas Naturais Protegidas para a Economia Brasileira; e Governo: PAPP (Parcerias Ambientais Público-Privadas).

Vinicius Lummertz garante que um evento desse porte tem o objetivo de alavancar o turismo brasileiro: ''O Brasil é o maior potencial natural para o turismo dentre todos os países planeta. [...] Ele é considerado um dos países mais belos do mundo. [...] É um dos países com o maior potencial cultural. Mas ainda não conseguimos vencer as amarras, que transformam o turismo em uma atividade difícil de se trabalhar. Nós precisamos de menos preconceito e um vento a favor do turismo", disse.

O Rio de Janeiro e a a Barra da Tijuca foram escolhidos como sede para o encontro de líderes do turismo por seu valor agregado nos últimos anos. "A Barra precisa ser valorizada. Aqui foi o maior investimento de hotelaria nos últimos anos. A infraestrutura que a Barra tem, este Rio expandido, também é muito importante e precisa ser celebrado. O Rio precisa do turismo. O Rio de Janeiro tem capacidade de ter muito mais turismo que tem hoje, o problema está localizado na segurança. [...] Se todo ano melhorarmos um pouco e investirmos um pouco mais nós vamos ver que vai equilibrar essa balança. O Rio precisa de mais eventos. Temos alternativas, sim. [...] É preciso trabalhar na segurança. Medelin (Colômbia) deu sua volta, Nova York (Estados Unidos) deu sua volta, e nós temos que caminhar na mesma direção. Estamos aqui resistindo e lutando pelo Rio de Janeiro", explicou Lummertz.

O futuro ministro do Turismo, Marcelo Alvato Antonio, reforça a importância de um evento como o realizado nesta noite. "Primeiro, vem o reconhecimento de várias entidades de classe e de empresas que possam contribuir de alguma forma com casos de sucesso no turismo do Brasil. A importância também é o incentivo, incentivar cada vez mais o seguimento relacionado ao turismo para promover soluções inovadoras e modernizar o turismo em todo território nacional", concluiu. 


 

Último acesso: 05 Aug 2020 - 07:22:43 (310119).