Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

ZOOM BY G.RAVACHE: Stand by Me

Redação Publicado em 30/12/2008, às 13h58 - Atualizado em 07/06/2012, às 23h26

Em 1985, astros se reuniram para cantar We Are the World, música escrita por Michael Jackson e Lionel Richie (veja abaixo). A canção tinha o propósito de levantar fundos para a África e se tornou um tremendo sucesso. Lembrei de We Are the World ao assistir ao vídeo Playing For Change: Song Around the World "Stand By Me" (veja mais abaixo). Ambos os vídeos têm o propósito de levantar fundos para causas sociais. Também mostram o poder da música e sua capacidade de unir diferentes culturas e estilos em torno de uma causa. A idéia de Standy By Me é engenhosa. O produtor Mark Johnson viajou por diversos países e gravou mais de 30 músicos de rua tocando a canção dos Beatles. Começando por um cantor de soul em Santa Monica, na Califórnia, passando por artistas na África do Sul, Tibet, Rússia, Espanha e Brasil entre outros. O projeto é da Fundação Playing For Change (http://www.playingforchange.com/), que busca recursos para a realização de obras sociais como a construção de escolas. O vídeo no YouTube faz parte do documentário Playing for Change: Peace Through Music, dirigido por Johnson. Stand By Me também mostra como o modo de fazer arte e projetos sociais mudou. Hoje a divulgação se faz na internet. Saem os grandes astros reunidos em um estúdio, como em We Are the World, para entrarem em cena diversos artistas anônimos de rua. Isso sem abrir mão de um talentoso produtor - Mark Johnson, que teve a idéia do projeto há mais de dez anos ao ver dois monges cantando no metrô de Nova York, já ganhou um Grammy. O clipe de Stand by Me já foi visto mais de 2 milhões de vezes na rede. E a fundação deverá lançar em 2009 um CD com outras músicas do projeto, gravadas da mesma maneira, colaborativamente, ao redor do mundo. We Are the World