Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Yasmin Brunet dá a sua opinião contra o uso de pele de animal nas roupas

Modelo Yasmin Brunet mostra a crueldade feita com os animais para fazer os casacos e acessórios de pele

Redação Publicado em 11/06/2012, às 19h17 - Atualizado às 20h06

Yasmin Brunet - Felipe Panfili / AgNews
Yasmin Brunet - Felipe Panfili / AgNews

A modelo Yasmin Brunet (24) começou uma campanha em seu Twitter para alertar sobre a importância de não usar pele de animal nas roupas. Através de exemplos e fotos, ela mostrou a crueldade feita com os animais para retirar a pele para casacos e acessórios. Totalmente contra o uso deste tipo de roupa, ela se mostra indignada e defende os tecidos sintéticos, que imitam peles de animais reais.

“Como pode alguém ser tão sem alma...Tão sangue frio e usar a morte nas costas? Quem usa tem as mãos sujas de sangue. Um animal não merece nunca nascer para morrer sofrendo e acabar como um casaco nas costas de uma patricinha. Usa fake! É igual de verdade”, afirmou na rede social.

Yasmin também revelou a sua vontade de que fique proibido o uso de peles. “Eu espero que vire lei. Proibido usar peles de animais... Isso é surreal!”, comentou ela, que ainda disse a diferença entre este tipo de tecido e o couro. “O couro é retirado depois da vaca ou boi ser morto para comer, e ele é todo aproveitado. E hoje temos muitas opções de couros sintéticos que são mais baratos e mais leves, melhores que o original”.