Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

PFW: Inspiração artsy e muita cor nas passarelas

"A arte a serviço da moda", a frase que apareceu no desfile de Jean Charles de Castelbajac sintetiza a terça-feira, 01, na semana de moda de Paris

CARAS Online Publicado em 01/10/2013, às 21h21 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

pfw: terça-feira - Getty Images/Marcio Madeira
pfw: terça-feira - Getty Images/Marcio Madeira

"A arte a serviço da moda", a frase que apareceu no desfile de Jean Charles de Castelbajac sintetiza a terça-feira, 01, na semana de moda de Paris. Dentre os grandes nomes do line-up do dia, Chanel, Valentino e Alexander McQueen se apropriaram das manifestações artísticas para construir o verão 2014.

+ Jogo de proporções na passarela parisiense

+ Estilo girlie, jardim suspenso e alfaiataria festiva

+ Minimalismo chique e japonismo

Claramente, artsy, inclusive na cenografia, a Chanel fez um desfile vibrante, multicolorido, renovando clássicos como  os conjuntinhos e os vestidos de tweed dando a eles ares joviais em efeitos manchados e uma boa pegada streetwear 

Jean Charles de Castelbajac foi explícito. Um telão projetava um artista pintando o release da apresentação com os dizeres: "A arte a serviço da moda". Dali em diante, formas geométricas e lamê, muito brilho. Na beleza, até as sobrancelhas ficaram douradas.

A dupla Pierpaolo Piccioli e Maria Grazia Chiuri que assina para Valentino buscou no conforto o ponto central de sua ópera urbana. Jeans, calças confortáveis, vestidos curtos e até animal print se fizeram presentes na coleção que, claro, não esqueceu dos vestidos longos e fechados de bordados luxuosos. Destaque para as mangas arredondadas.

Alexander McQueen e sua cavalaria Garde Républicaine com um toque no modernismo de Mondrian. O azul, vermelho, preto e branco animaram os looks de proporções inusitadas. Belíssima a maestria de Sarah Burton em explorar volumes com plumas e franjas que lembravam a crina de cavalo. trssês formavam xadrezes que por sua vez, formavam efeitos gráficos.