Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Paris Fashion Week: mendigos e ternos couture

Confira os destaques do terceiro dia de desfiles na Paris Fashion Week

Cibele Maciet Publicado em 19/01/2013, às 10h57 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Paris Fashion Week - Getty Images
Paris Fashion Week - Getty Images

O terceiro dia da Semana de Moda Masculina Outono/Inverno 2013-2014 foi intenso e brincou com justaposições e contrastes: Junya Watanabe brincou com patchs de tecidos ingleses em calças e blazers, vestindo seus modelos quase como mendigos; apostou em um inverno um tanto quanto romântico, com longos aventais abertos que ultrapassavam calças e chegavam até os coturnos pretos, e, às vezes, silhuetas inteiras brancas e voláteis. A Maison Martin Margiela gosta mesmo é de um bom barbudo e cabeludo, homem com ‘H’ maiúsculo, isso sim! A maison de couture continua com as regras da casa: mangas que aparecem no meio do nada, longos casacos e ponchos desestruturados.

O brasileiro Gustavo Linsarrasou; a imprensa francesa aprovou mais uma vez o trabalho do estilista, radicado em Paris há 26 anos. Com uma bela linha de alfaiataria couture com acabamentos que dão total liberdade aos movimentos masculinos, ele ainda mostrou drapeados e quimonos, suas marcas registradas. Juun J., com sua linha “Contrasting Beauty”, jogou com contrastes urbano/clássico, retro/futurista, masculino/feminino. Destaque para a linha de pulls desenvolvida em parceria com Greg Simkins: oversized, eles trouxeram motivos de grafitti/tattos/urban style.

Kris Van Assche (que apresentará sua coleção para Dior Homme) encontrou a solução para o problema de muitos homens: um terno-moleton! Ou então, uma camisa-moleton. Sim, é isso mesmo: na dúvida, compre os modelitos sugeridos pelo estilista e não sofra mais diante das dúvidas sobre o que vestir de manhã antes de ir ao trabalho. A Givenchy de Riccardo Tisci trouxe 600 velas para a passarela, que mostrou mulheres à la garçonne e homens em ternos e casacos longos sem gola, moletons luxuosos com costuras aparentes. Kanye West, mais uma vez no front row (ele também estava no da Louis Vuitton), aplaudiu o show.

A John Galliano de Bill Gaytten trouxe chapéus de feltro, shorts e calças largas para o inverno 2013-2014. Suas inspirações? O ‘desleixo’ chique. Modelos (não especialmente belos) vestiram jaquetas com lapelas que escorriam como um lenço; as peças amplas e estampadas estavam soltas nos corpos dos rapazinhos.

Novidade bafo no front: Galliano anunciou sua volta para o mundo da moda (com uma pequena ajudinha de Anna Wintour). Ele será colaborador da próxima coleção de Oscar de la Renta, em NY.