Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Moda: Movimento streetsexy: Isabel Marant

CARAS Publicado em 08/08/2013, às 18h49 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Materiais básicos e produções monocromáticas são as bases no novo visual street. - Marcio Madeira/Zeppelin Photo
Materiais básicos e produções monocromáticas são as bases no novo visual street. - Marcio Madeira/Zeppelin Photo

Existe um movimento — e não é de hoje — que vem fazendo a cabeça de muitas mulheres por aí. Me refiro à onda de casualidade que tomou conta das ruas. Ou seria a própria moda das ruas tomando conta das passarelas? Questionamentos à parte, a mensagem é uma só: se quiser rejuvenescer seu estilo e sensualizar o dia a dia aposte em peças esportivas. E ninguém melhor que Isabel Marant para apresentar fórmulas
precisas de se jogar neste universo. A designer francesa não só foi uma das principais embaixadoras do movimento streetsexy — representado pela febre dos sneakers —, como também a criadora de uma fórmula certeira de torná-lo irresistível. Basta juntar aquela camiseta podrinha, aquele blazer com jeitão masculino e aquela microssaia a uma bela bota de cano alto e... Voilà! Está pronto o visual mais descolado da estação. Se o espírito não estiver inclinado para pernocas de fora, a calça skinny usada com o bom e velho tênis abotinado também faz uma ótima dupla. Este, por sinal, chega mais sofisticado e com status de bota, todo revestido de pelo. Outra característica importante no DNA cool da marca vem das produções monocromáticas. Tudo preto com diferentes texturas e detalhes de brilho no melhor estilo rock-n’-roll-relax, ou tudo branco na elegante escolha de looks claros para o inverno. Dos alvos aos crus, os tons de branco (sim, eles existem) imprimem alegria aos dias frios. Sem falar nas estampas gráficas, que, sobrepostas a transparências, transformam qualquer produção basiquinha. Pelo visto, os caminhos para alcançar toda essa atmosfera despretensiosa é simples assim!