Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Fashion / SPFW

Franklin Rutz: de 'cacto' à destaque do SPFW

Destaque do São Paulo Fashion Week, Franklin Rutz diz que já foi chamado de 'cacto' por causa de sua aparência

Redação Publicado em 22/03/2013, às 20h21 - Atualizado em 24/03/2020, às 15h54

Franklin Rutz - Fábio Miranda
Franklin Rutz - Fábio Miranda

Franklin Rutz (24) se destacou na passarela nesta edição do São Paulo Fashion Week. O catarinense desfilou por sete marcas, entre elas Cavalera, Triton, e João Pimenta. Há dois anos e meio no mercado, ele chama atenção  dos estilistas, mas confessa que beleza nem sempre foi o seu forte.

"Eu tinha muitas espinhas e usava aparelho", diz o rapaz, que mesmo sem estar nos padrões da moda decidiu que queria ser modelo para viajar o mundo. "Um dia tinha uma scouter em um shopping, eu cheguei e falei que queria ser modelo", conta Franklin, que não foi bem recebido pela mulher e ainda ouviu ela chamá-lo de 'cacto'.

Por sorte, Franklin recebeu boas dicas no mesmo dia de outro scouter, Ademir Carvalho, que o aconselhou a cuidar da aparência antes de começar a carreira. "Passei um ano cuidando da pele, do dente e deixando o cabelo crescer", revela. Depois disso, ele estreou nas passarelas e não parou mais. Já passou por Tóquio, Nova York, Londres e Milão. No meio de tudo, ele ainda terminou a faculdade de Biologia.

"A gente é abençoado por poder viajar, conhecer o mundo, aprender novas culturas", comenta Franklin, que está solteiro, mas garante que o assédio não aumentou com o trabalho. "É muito de leve, levo com naturalidade", diz.

Assista à entrevista com Franklin Rutz: