Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Fashion / SPFW

Top Emanuela de Paula abre o Lounge CARAS no São Paulo Fashion Week

Emanuela de Paula desfila para a Água de Coco, Fórum e Degreas na quarta-feira, 13. A top se encantou pelo Lounge CARAS no São Paulo Fashion Week

Redação Publicado em 11/06/2012, às 16h33 - Atualizado em 14/06/2012, às 17h59

Top Emanuela de Paula abre o Lounge CARAS no SPFW - Martin Gurfein
Top Emanuela de Paula abre o Lounge CARAS no SPFW - Martin Gurfein

Começou a semana de moda mais importante do país! Como em toda edição, CARAS marca presença com seu luxuoso Lounge CARAS, inaugurado pela top Emanuela de Paula (23), que veio de Nova York, onde mora, para brilhar nas passarelas paulistanas.

Considerada a 11ª modelo mais bem paga do mundo em 2008, a pernambucana, que representa diversas marcas mundo afora, inclusive a Victoria’s Secret, para quem desfila anualmente, brindou o início do evento no espaço assinado por Deborah Roig (40) e decorado com todo glamour francês. “Já estive em Paris várias vezes, o ambiente me lembra muito a Paris clássica, linda, chique e elegante. Adorei o espaço. Eu me sinto bem em casa. Para as modelos que ficam na correria, ter esse lugar aqui para descansar, beber alguma coisa e relaxar é ótimo. Entrar aqui é como ter cinco minutos de descanso da correria lá fora, disse a modelo, que promete brilhar na catwalk representando as grifes Água de Coco, Fórum e Degreas na quarta-feira, 13.

Emanuela participa do SPFW desde quando tinha 17 anos e destaca o que há de melhor em desfilar 'em casa'. “O evento é um encontro das modelos brasileiras que vivem lá fora. Eu adoro! E muitas modelos do exterior estão querendo vir para participar dos desfiles no Brasil. Até porque os desfiles daqui são mais gostosos de se fazer. É um encontro da gente, das modelos. É correria, mas é divertido. Lá fora é tudo muito certinho. Aqui também é profissional, mas tem essa leveza brasileira de aproveitar os momentos”, disse.

Para a top, desfilar nas passarelas do seu país de origem traz um gostinho especial. “Você quer fazer bem feito, você quer demonstrar sempre o melhor, porque você sabe que tem muita gente aqui que te reconhece de trabalhos lá de fora”, contou.

A modelo vive em Nova York e quase não tem tempo para ver a família, que mora em Recife, mas garante que os momentos com seus entes são marcantes. “Eu os vejo duas vezes por ano, mas quando estou com eles, ninguém me encontra. Aproveito o tempo todo”, declarou. "Tenho bastante saudade, mas sou muito centrada. Nunca fui a menina de ficar chorando e reclamando. Cheguei nos Estados Unidos muito cedo, sempre quis ser modelo, então sempre trabalhei por isso. Eu pensava ‘estou sozinha, se eu ficar triste eu vou pra onde?'. Sempre superei barreiras, Deus me guiou e estou muito feliz por estar onde estou hoje", afirmou.

É da Big Apple que Emanuela adquiriu seu estilo. “Eu me identifico muito com a moda de Nova York. É uma coisa street, cool, é a conexão do mundo todo. Eu sou muito tranquila no meu jeito de me vestir. Posso estar de jeans e camiseta, mas de noite uso um casaco mais chique, elegante. Nova York permite essa mistura”, comentou.