Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Com muito estilo, tecidos, modelagens e cores ajudam a aliviar o calor na hora de trabalhar

É verão, mas nem todos estão em férias. Para as mulheres que trabalham em ambientes mais formais, conversamos com especialistas e descobrimos dicas para manter-se elegante mesmo no maior calor

Camila Carvas Publicado em 06/12/2012, às 15h31 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Para trabalhar no verão, prefira cores claras, estampa discretas, decotes sem profundidade e blusas com alças largas - Shutterstock
Para trabalhar no verão, prefira cores claras, estampa discretas, decotes sem profundidade e blusas com alças largas - Shutterstock

Brasil, país tropical, de natureza exuberante e praias lindas. Porém, infelizmente, nem todo mundo pode aproveitar essas maravilhas quando as temperaturas ultrapassam a casa dos 30 graus. A grande maioria tem que se vestir formalmente e... trabalhar! Mas como manter a elegância com esse calor? Para as mulheres, tecidos de fibras naturais, cores claras e modelagens mais soltinhas ajudam a refrescar sem perder a classe.

Segundo a consultora do Senac Moda Informação Denise Morais, não é preciso se privar dos decotes, basta não exagerar. Uma boa dica é apostar nos decotes com gola, que são mais discretos. Aberturas na altura dos ombros ou decote canoa também são bonitos e leves. “Em ambientes mais formais, o que não pode é usar blusas despencadas, com a alça do sutiã aparecendo”, diz Denise. Blusas de alcinha também podem ser mais despojadas do que os seus chefes gostariam, mas opções mais largas estão liberadas.

Outra dica fresca é escolher tecidos naturais. “A fibra sintética não deixa evaporar o suor , a pele fica úmida, a roupa gruda”, explica Juliana Porto, professora de moda da escola Sigbol Fashion. E se por um lado as fibras 100% naturais são mais gostosas, por outro, amassam bastante. Uma ideia é optar por misturas que incluam um pouco de poliamida ou elastano. Até os jeans podem ter pesos mais leves, que incluem o próprio elastano ou poliéster, e não marcam tanto o corpo. Para as fãs da seda, atenção. “Ela é quente e sensível a água”, diz Denise. “O efeito do suor nela é complicado”. Mas, atualmente, existem novas gerações de fibras inteligentes, mais modernas, que imitam o toque da seda e podem substituí-la no verão.

Para acompanhar a tendência das estampas sem cansar os colegas com um visual muito carregado e colorido, opte pelo clássico preto e branco ou azul marinho e offwhite. “Camisas em tons pastel com parte de baixo caqui ou azul, por exemplo, permitem aproveitar a onda colorida do verão sem excessos”, indica Denise. Esta combinação, aliás, vale também para homens que não precisam usar terno e gravata. Quem gosta de calças brancas, que muitas vezes marcam a lingerie, pode apostar em tecidos mais encorpados como o gorgorão e o pique de algodão, que também ficam ótimos em vestidos.

“Peças mais soltinhas são as melhores para o calor”, diz a professora Juliana. O tubinho evasê, estilo anos 1960, um pouco acima do joelho é uma aposta interessante. Mas outra sugestão, de Denise, é o vestido chemise. “Ele fica solto no corpo, mas marca a cintura. As mais jovens podem usar cintos mais largos e caidinhos”, diz. “E muitos modelos de chemise agora seguem a proposta mullet, mais compridos atrás”, completa a consultora. Nada como estar na moda e ainda não ter que se preocupar na hora de andar ou sentar.

Nos pés, tente controlar a tentação de usar sandálias rasteirinhas muito abertas, de tiras fininhas, ou sandálias tipo chinelo. Apesar de confortáveis e bem fresquinhas, elas podem soar despojadas demais. Opte, portanto, opte por anabelas de tiras mais grossas e cuide dos pés! Até mesmo no escritório, a formalidade pode ganhar mais alegria, e vivacidade, no verão. 

Por Camila Carvas