Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Gisele Bündchen e Isabeli Fontana: brilho brasileiro em gala fashion

Com a atriz Camilla Belle, tops Isabeli Isabeli Fontana, Gisele Bündchen e Carol Trentini se destacam em meio a poderoso time de estrelas

Redação Publicado em 15/05/2012, às 11h44 - Atualizado em 16/05/2012, às 00h42

Camilla Belle, de Ralph Lauren. Isabeli Fontana, de Emilio Pucci, e Rohan Marley. Tom Brady, de Tom Ford, e Gisele Bündchen, de Givenchy Haute Couture. Caroline Trentini, de Olivier Theyskens - Getty Images
Camilla Belle, de Ralph Lauren. Isabeli Fontana, de Emilio Pucci, e Rohan Marley. Tom Brady, de Tom Ford, e Gisele Bündchen, de Givenchy Haute Couture. Caroline Trentini, de Olivier Theyskens - Getty Images

Todos os anos, sempre na primeira semana de maio, um exclusivo e eclético grupo de personalidades da música, moda, cinema, arte e esporte reúne-se em Nova York para uma noite que já ficou conhecida como o Oscar da moda. Realizada no The Metropolitan Museum of Art, a gala do Costume Institute marca a abertura de sua mais aguardada exposição, que neste ano reconhece o talento das estilistas italianas Elsa Schiaparelli (1890-1973) e Miuccia Prada (63) com o tema Schiaparelli and Prada: Impossible Conversations. Como esperado, o red carpet é disputadíssimo e, mais uma vez, as brasileiras entraram para o hall das mais elegantes. A jet-setter Andrea Dellal (53), as tops Isabeli Fontana (28), Gisele Bündchen (31) e Caroline Trentini (24) e a atriz Camilla Belle (25), que nasceu em Los Angeles, mas é filha de mãe paulista, arra saram.

“Tenho a sorte de ser convidada para esta festa desde 2005 e confesso que, nas primeiras vezes, ficava nervosa só de pensar na grandiosidade da noite, na quantidade de pessoas importantes que iriam circular no mesmo evento”, entregou Carol, que surpreendeu fashionistas ao surgir divina em longo feito de jeans. “Engraçado que vários famosos me pararam para perguntar se era jeans mesmo O tecido ganhou vários tratamentos para chegar nesse caimento delicado. Sou grata ao Olivier por ter criado algo tão diferente para mim”, emendou a gaúcha, citando o designer belga Olivier Theyskens (35), que também assinou seu vestido de noiva.

Camilla foi outra que usou a criação de um de seus ídolos. “Quando recebi o convite de Ralph Lauren, começamos a olhar suas coleções e este vestido foi o que se destacou para criar um look anos 1920 modernizado, que tem tudo a ver com o tema da mostra”, justificou ela, que apostou em make dramático com destaque para os lábios, resultado do mix de três tons de batons.

Com seus respectivos amados, o jogador de futebol americano Tom Brady (34) e o empresário jamaicano Rohan Marley (39), Gisele e Isabeli circularam poderosas em modelitos cobertos de paetês. “Esta é uma noite muito divertida”, disse a sempre deslumbrante La Bündchen.

Tal qual uma semana de moda, a gala do Met é uma oportunidade de ouro para apresentar as tendências mais marcantes da estação. As atrizesCharme verde-amarelo ilumina Red Carpet em NY (43) e Liv Tyler (34) e as cantoras Beyoncé Knowles (30) e Rihanna (24) apostaram no preto, mas passaram longe da mesmice. “Meu vestido é de couro e parece difícil de ser usado, mas na verdade é muito confortável. Difícil foi colocar essas unhas, que mais parecem garras. Não consigo nem mandar mensagem de texto pelo celular!”, brincou Rihanna. Apai xonada pelo universo fashion, a musa pop promete se aventurar na área em breve. “Design é algo que definitivamente está no meu futuro próximo. Não posso contar muita coisa, mas estou preparando algo inspirado no meu estilo próprio”, emendou ela.

Quatro meses após dar à luz Blue Ivy, sua primeira herdeira com o rapper Jay-Z (42), Beyoncé provou ter recuperado a estonteante forma com um modelito estrategicamente revelador. Sua fórmula mágica para liquidar os quilos extras da gravidez? “Não existe segredo, é preciso disciplina. Dá muito trabalho!”, comentou a nova mamãe. Mas enquanto ela abria o sorriso para falar do clã, a top canadense Linda Evangelista (47) preferiu não comentar o acordo feito semana passada na corte de Nova  York com o bilionário François-Henri Pinault (49) sobre a pensão a ser paga ao filho, Augustin (5), fruto de um breve namoro. Apesar de terem sido os patronos da edição passada, François- Henri e a atual mulher, a atriz mexicana Salma Hayek (45), não prestigiaram a festa este ano.

As atrizes Sarah Jessica Parker (47), Christina Ricci (32), Scarlett Johansson (27) e Sofía Vergara (39), além da top Jessica Stam (26) e da apresentadora Sandra Lee (45), investiram em variações de nude e cinza. “Os estilistas sabem o que eu gosto e me mandam vestidos que  têm a ver com o meu estilo, mas quasesempre tenho de fazer alguns ajustes porque essas roupas são feitas para supermodels. Mulheres como eu precisam fazer uns acertos”, confessou Sofía, cujas curvas enlouquecem Hollywood. Com um carregado sotaque colombiano, ela se disse empolgada com a festa, mas choramingou. “Subir todos esses degraus não é nada divertido. Eles fazem isso de propósito”, riu ela, sobre a longa e emblemática escadaria que dá acesso ao primeiro salão do Met. Veterana do evento, Sarah Jessica concordou com a amiga. “Tem algo único sobre esses degraus, mas, francamente, não há nada mais aterrorizante do que eles. Nesta festa existe um foco diferente de uma première de filme, hoje é uma noite para celebrar o talento e apoiar o museu”, declarou a eterna musa da série Sex and the City.

Decididas a brilhar, Cameron  Diaz (39), Karolina Kurkova (28) e Nina Dobrev (23) abusaram dos paetês, enquanto Jessica Alba (31) escolheu longo de um ombro só de lamê bronze. “Sempre gostei de costas descobertas. Algo bem simples e chique na frente e, nas costas, uau! Este tem um zíper que posso abrir totalmente, quem sabe mostrar um pouco mais de pele”, instigou Karolina. Cameron, que completa 40 anos  em agosto, também mostrou-se àvontade com seu corpo. “Isso é o que as pessoas não entendem: cuide do seu corpo e ele ficará ainda melhor com o passar do tempo. Meu bumbum, definitivamente, está melhor agora do que quando eu tinha 20 anos”, afirmou a loira. 

Anfitriã da noite ao lado de Anna Wintour (62), a todo-poderosa da revista Vogue America, a inglesa Carey Mulligan (26) foi das poucas convidadas a usar look na altura do joelho. Ainda assim conquistou fashionistas por ser uma criação da homenageada Miuccia Prada. “A equipe dela me mandava croquis, passava detalhes da peça, mas eu não tinha a menor ideia de como ficaria no meu corpo. Fizemos uma prova e ficou perfeito. Estou honrada em participar desta noite e celebrar esta estilista que foi uma das primeiras a me vestir quando comecei a me destacar”, contou a atriz, orgulhosa.

Variações de vermelho e rosa fizeram a cabeça de um extenso time, que incluiu Emily Blunt (29), Milla Jovovich (36), Kirsten Dunst (30), Ginnifer Goodwin (33), Amber Heard (26) e Jaime King (33). “Quando você usa um vestido sob medida, percebe que os outros que usa no resto do ano não caem tão bem”, afirmou Ginnifer. “Meu colar está me estrangulando. Mas tudo bem, tudo pela moda”, comentou Jaime. Gwyneth Paltrow (39), que credita a boa forma à rotina de exercícios, causou frisson com as pernas de fora. “Gosto de roupas que de alguma maneira sejam diferentes. Acho que nunca usei esse tom, por exemplo”, frisou ela, que após jantar no salão Temple of Dendur, se esbaldou, assim como os cerca de 800 convidados, no show de Bruno Mars (26). Cheio de ginga, o havaiano interpretou canções próprias e os hits Roxanne, do The Police, e Dirty Diana, de Michael Jackson (1958-2009).