Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Celebridades causam polêmica com superfendas

Os vestidos que deixam as pernas completamente à mostra podem parecer vulgares ou elegantes, depende da maneira como são usados. Inspire-se no look das famosas e saiba como usar o modelo

Juliana Cazarine Publicado em 16/07/2012, às 11h13 - Atualizado em 18/02/2013, às 07h48

Izabel Goulart no evento de abertura do MATE, em Lima, no Peru - Getty Images
Izabel Goulart no evento de abertura do MATE, em Lima, no Peru - Getty Images

As superfendas conquistaram as celebridades e invadiram os red carpets. Angelina Jolie e Isabeli Fontana são algumas das estrelas que apareceram publicamente em modelos ousados e sexys. Mas ousado mesmo foi o modelito usado pela top brasileira Izabel Goulart no evento de abertura do MATE, associação de arte do fotógrafo Mario Testino.

Quando o assunto é “superfenda”, a estilista Fernanda Yamamoto defende o uso com equilíbrio. “A fenda pode deixar o vestido mais elegante. Para uma saia lápis, por exemplo, que é colada ao corpo, ela é necessária para dar movimento à peça”, diz. Já quando usada da maneira errada ou pela pessoa errada, pode vulgarizar o look. “Vestidos justos e decotados não caem bem com fendas longas. Elas existem para revelar apenas uma parte do corpo. É preciso ter equilíbrio, mostrar embaixo e cobrir em cima”, completa a estilista.

Bia Paes de Barros, editora de moda da CARAS, tem a mesma opinião. “Para não parecer vulgar, a superfenda tem que ser usada com um vestido sem decote, ‘fechado’ na parte de cima”, diz. A superfenda é naturalmente sensual, por isso mulheres curvilíneas devem evitá-las. “O ideal é que a mulher tenha pernas finas e seja longilínea para usar superfenda”, completa Bia.

Por Juliana Cazarine