Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

CELEBRIDADES ANIMAM O 6º CARAS ONE DAY GOLF

EM SP, EXPERTS E FAMOSOS MOSTRAM SEU TALENTO NO TORNEIO MAIS BADALADO DA AMÉRICA DO SUL

CARAS Digital Publicado em 06/11/2006, às 18h12 - Atualizado em 17/01/2019, às 17h03

Mariana Felício, Rubens Barrichello, Mara Carvalho, Raul Gazolla, Lucilia Diniz, Adriana Lessa e Renata Kuerten aproveitam a deliciosa tarde de primavera.
Mariana Felício, Rubens Barrichello, Mara Carvalho, Raul Gazolla, Lucilia Diniz, Adriana Lessa e Renata Kuerten aproveitam a deliciosa tarde de primavera.

por Ana Claudia Duarte, Adriana Trujillo, Heliatrice Marques e Luciana Palmeira A bela paisagem do São Fernando Golf Club, em Cotia, Grande São Paulo, foi novamente cenário de um dos torneios de golfe mais festejados do Brasil: o VI Caras One Day Golf. Patrocinado pelo HSBC e pela Chevrolet, o evento reuniu golfistas e celebridades. Os jogadores, na maioria empresários, foram distribuídos em 10 equipes e cada time contava com um padrinho famoso. Atentos, os novatos observavam as tacadas dos experts, como o piloto Rubinho Barrichello (34), Álvaro Almeida (60), presidente da Confederação Brasileira de Golfe (59) e Glen Valente (41), diretor de marketing do HSBC. Foi uma diversão. O ex-jogador de vôlei Maurício Lima (38) chegou disposto a aprender. "Novas atividades melhoram habilidades importantes, como determinação e concentração", disse ele, surpreso por saber que o golfe já tem mais de 25 000 adeptos no Brasil, e 105 campos oficiais. O padrinho da equipe Palmeira recebeu dicas dos companheiros de time, como Marcio Melo (55), presidente da Federação Paulista de Golfe. Mariana Felício (21), do Caldeirão do Huck, da Globo, ficou fascinada com o esporte. "Adoraria treinar regularmente", disse ela, após acertar seu primeiro buraco e receber elogios do empresário Beto Dhelomme (44), da equipe Jatobá, apadrinhada por ela. A atriz Vera Gimenez (59) estava louca para jogar. Treinou tacadas antes de entrar em campo e... fez bonito. Madrinha da equipe Jacarandá, integrada pelo presidente do São Fernando Golf Club, Cláudio Buny, ficou encantada com a atenção dos integrantes do seu time. "Por mim jogaria sem parar", declarou. O ator Raul Gazolla (50) chegou decidido: "Vou arrasar", avisou ele, com pose de profissional, arrancando risos dos membros da equipe Mogno. Saiu-se bem. "O Raul é uma simpatia! E tem talento", disse Alfredo Larrea (57), do grupo Euromundo. Apesar de nunca ter praticado o esporte, a atriz e apresentadora Adriana Lessa (33) acertou no figurino e foi uma das mais elegantes do evento. "A omposturaé própria dos golfistas e o confortoé essencial para a prática de qualquer atividade física", disse ela. A madrinha da equipe Pinheiro recebeu o incentivo imediato de colegas de time, como o artista plástico Kenji Fukuda (62) e Mário Golombek (46), diretor da Cinexpress. Seu desempenho foi tão bom que chegou a embocar duas vezes seguidas. "Ela está nos trazendo muita sorte", disse Mário. "Meu início no golfe não poderia ter sido melhor", concluiu Adriana, feliz. Linda e simpática, a modelo Renata Kuerten (17), revelação doúltimo São Paulo Fashion Week, nunca tinha visto um jogo de golfe."Será que vou aprender, será que não vou atrapalhar o time?", indagava ela, observando tudo. Em campo, na equipe Cedro, do corredor e golfista Rubinho Barrichello, foi devidamente orientada por gente que entende muito do esporte. "Nossa, nunca imaginei que fosse me sair tão bem", declarou a bela que, a cada boa tacada, era aplaudida pelos integrantes de sua equipe. Recuperando-se de uma tripla plástica e numa forma invejável, a empresária e escritora Lucilia Diniz (50), presidente da Good Light, alegrou a equipe Pau Brasil, jogando ao lado de feras como Álvaro Almeida e Samuel Russel (34), diretor de marketing da GM do Brasil, patrocinadora da festa. Muito bem-humorada, foi a campeã do torneio de putter, realizado antes do jogo. "Nossa equipe é ótima", dizia. A cantora Fernanda Porto (40) nunca tinha jogado golfe, só 'taco' com os amigos quando criança."Será que serve?", perguntou a cantora, madrinha da equipe Ipê, a seu capitão, presidente da Upgrade Comunicação, Caio Ortiz (59). "Quem jogou taco na infância tem facilidade para executar movimentos de torção no tronco, pois o swingé parecido", disse ele. A palavra golfe vem do alemão kolb e significa taco. E, foi assim, partindo da teoria, que a equipe iniciou sua bela atuação. "Adorei jogar", vibrou ela. A atriz Juliana Almeida (26) aprendeu uma regra valiosa assim que entrou no green: não é permitido falar enquanto alguém está jogando. "Eu tenho que me policiar, porque costumo falar muito. Principalmente quando me sinto à vontade, como agora, com este time", disse a madrinha da equipe Araucária, que tinha entre seus integrantes Gustavo Vicenzotto (49), da Mega Models, Klaus Behrens (66), do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, e Walter Wieland (63), dono da Security Blindados. Mesmo com um participante a menos, os jogadores não se abalaram. Conforme Juliana foi aprendendo, foi participando de mais jogadas. No 12º buraco, ela embocou de primeira. Foi superaplaudida - e, claro, foi tentar repetir o feito no buraco seguinte. A expectativa foi grande, todos pararam para assistir sua tacada- mas a bolinha ficou a um palmo do buraco. "Não funciono sob pressão", brincou a atriz. O golfe fascinou a atriz paulistana Eliana Guttman (52) há 20 anos. "Mas faz muito tempo que não jogo, não sei nem se sou capaz de pegar no taco como se deve", disse ela, modesta, antes do início da competição. O espírito de golfista, porém, aflorou logo no primeiro buraco e Eliana foi muito elogiada pela equipe Castanheira, sua afilhada. "Rapidamente me lembrei de algumas regras e dos movimentos de corpo e de braço e acabei embocando todas. Claro que ainda não chego aos pés desses profissionais - não dá para acreditar onde vão parar as bolas que eles acertam -, mas estou melhorando", revelou a talentosa atriz, mãe de Marcella (30), Harry (27) e Fernando Lucas (15) e esposa do colega de profissão Giulio Lopes (47), com quem deve estrelar no ano que vem a peça É impossível ser feliz sozinho. Os golfistas Paulo Cabernite (38), da BEM Emergências Médicas e Fernando Moura (65), do conselho de administração do Banco Alfa, se impressionaram com a performance de Eliana. "Ela jogou muito bem, embocou bolas que não teríamos conseguido acertar com tanta facilidade. Foram 4 de 6", elogiou o capitão Cabernite. FOTOS: BRUNO BARRIGUELLI/ B.A.R, CRISTINA VILLARES/ MARIA CRISTINA VILLARES, MARGARETE ABUSSAMRA/ FM COMUNICAÇÃO, MARTIN GURFEIN E SAMUEL CHAVES/ S4 PHOTO PRESS