Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Fashion / Rio Fashion Week

Maxipérolas: 45 acessórios das passarelas podem ser adaptados para a vida real

Maxipérolas foram destaque no desfile da Chanel. E no dia a dia, exigem uma composição harmoniosa. Veja dicas para usar essa e outras tendências das passarelas

Juliana Cazarine Publicado em 04/10/2013, às 11h37 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Aprenda a usar os acessórios das semanas de moda internacionais - Foto-montagem
Aprenda a usar os acessórios das semanas de moda internacionais - Foto-montagem

Repaginada, a pérola mostrou-se um acessório versátil no desfile da Chanel na Paris Fashion Week. Mas não é a única tendência fashion: maxicolar de ouro, colar corrente e maxipedras estão em alta! A seguir, uma designer de joias ensina a usar as tendências apresentadas nas semanas de moda de Nova York, Londres, Milão e Paris. Confira!

+ Colar de pérolas volta a ser tendência e aparece na passarela e no look de Rihanna

+ Acessórios da Semana da Alta-Costura de Paris podem ser usados no dia a dia. Saiba como!

Maxipérola

Na Semana de Alta-Costura de Paris, as pérolas apareceram nos desfiles de Chanel, Dior e Armani Privé. E agora, na Paris Fashion Week, voltaram com uma nova versão: maxi. “Um colar de pérolas grandes exige uma pulseira pequena e discreta. Não é preciso combinar pérola com pérola”, sugere Laura Cunha, designer de joias. O desfile da Chanel mostrou a combinação de pérola e prata. “Como o aro era prateado, o ideal é que o brinco - aqui, precisa ser apenas um ponto - e a pulseira sejam do mesmo metal. O dourado, por exemplo, fica super bonito”, diz.

Mix de metais

Ouro e prata apareceram separados nos desfiles de Balmain e Saint Laurent em Paris, mas, no dia a dia, podem ser usados juntos, na mesma peça. “A mistura de metais é interessante e tira o look da mesmice, principalmente quando são muitas pulseiras. Também da para misturar ouro dourado e branco, por exemplo”, afirma Laura. A única recomendação é que metais diferentes não sejam mixados com pedras coloridas. “Se no dourado existe um cristal ou diamante, fica mais fácil de combinar com a prata. Mas as pedras coloridas têm que ficar de fora”, sugere.

Total dourado

O desfile da grife Valentino na Paris Fashion Week levou à passarela um conjunto de acessórios: maxicolar, tiara, pulseira, anel dourados. “A composição é linda. Mas, na vida real, é melhor evitar exagero e até o conjuntinho, que pode cair na breguice”, aconselha a designer. O look do desfile acertou ao evitar o brinco. “Quando o colar é muito grande, é melhor minimizar nos demais acessórios, principalmente no brinco”, afirma. Para quebrar o dourado, a mistura com couro é uma alternativa. “Mas tem que ser couro liso. É difícil misturar couro trabalhado com ouro”, comenta.

Maxipedras

O desfile da Lanvin deixou duas lições para usar maxipedras: “não deixar as pedras sobre a roupa e escolher uma peça para ser o ponto focal dos acessórios”, afirma Laura. Aqui, o acessório escolhido foi o colar. “É bom que a roupa seja neutra, ainda mais se vai ser usada em uma festa”, diz. É importante buscar harmonia.

Total prateado

A Saint Laurent trouxe à passarela um acessório democrático - talvez o mais versátil de todos os que apareceram nas semanas de moda: o colar corrente prateado. “É uma peça-chave no dia a dia. E mesmo sendo grande, pode ser usada com uma blusa estampada”, sugere Laura Cunha.

+ Mix de pulseiras e maxicolares são tendência da passarela

+ Saiba como usar o ear cuff, o brinco que está nas passarelas e no visual das famosas